Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Henrique Tenório em Ter Abr 16, 2013 8:10 pm

Aqui estão algumas informações sobre as cores e suas variações dominantes e recessivas.
A informação é apresentada a mero título informativo, notando que todos os anos aparecem novas variações e mutações.

O periquito NORMAL
O periquito NORMAL possui listras uniformes no dorso que seguem do topo da cabeça até a ponta das asas. Este periquito pode ter diversas cores como: verde, celeste (azul claro),cobalto (azul escuro), cinza, verde cinza, violeta, malva, etc.

O periquito OPALINO
O periquito OPALINO possui uma formação em “V” pelo “desenho” que as penas formam nas costas e as listras não seguem uniformes do topo da cabeça até a ponta das asas como ocorre com os periquitos normais. Este periquito pode ter diversas cores como: verde, celeste (azul claro), cobalto (azul escuro), cinza, verde cinza, violeta, malva, etc.

O periquito CINTILANTE
O periquito CINTILANTE possui as asas mais claras do que as asas dos periquitos normais. Um periquito normal verde possui suas asas pretas, canelas ou cinzas, já o periquito cintilante verde possui asas amarelas. Nas série dos azuis as asas são brancas. Existem algumas variações como o periquito asa clara que não possui nenhuma marca nas asas, sendo estas completamente brancas (série dos azuis) ou completamente amarela (série dos verdes). Este periquito pode ter diversas cores como: verde, celeste (azul claro), cobalto (azul escuro), cinza, verde cinza, violeta, malva, etc.


O CINTILANTE DUPLO FATOR
Na série dos cintilantes quando ocorre o aparecimento do duplo fator (acasalamento entre dois cintilantes) o periquito se apresenta todo amarelo (série dos verdes) ou todo branco (série dos azuis). Trata-se de um periquito cintilante apesar de observá-lo todo branco ou amarelo. Suas características principais em relação aos lutinos e albinos são: o porte que apresentam-se bem mais encorpados e a narina que nos machos quando adultos ficam azuis, enquanto nas séries dos INOS ficam cor de rosa.

O periquito ARLEQUIM DOMINANTE AUSTRALIANO (ADA)
O periquito ARLEQUIM DOMINANTE AUSTRALIANO possui listras no dorso que seguem uniformes do topo da cabeça até o meio das costas do pássaro, terminando as asas com as cores do pássaro (amarela ou branca). Diferencia-se facilmente dos demais por ser manchado no peito e “barriga”. Este periquito pode ter diversas cores como: verde, celeste (azul claro), cobalto (azul escuro), cinza, verde cinza, violeta, malva, etc.

O ARLEQUIM DOMINANTE AUSTRALIANO DUPLO FATOR (ADA DUPLO FATOR)
O periquito ARLEQUIM DOMINANTE AUSTRALIANO DUPLO FATOR possui seu corpo quase todo branco ou amarelo, possuindo apenas alguns sinais ou manchas em seu corpo. Este periquito nasce do cruzamento entre 2 periquitos arlequins dominantes.

O periquito ARLEQUIM RECESSIVO (AR)
O periquito ARLEQUIM RECESSIVO possui o dorso salpicado de canela nas costas e asas. O periquito arlequim recessivo (AR) diferencia-se facilmente dos demais por ser manchado na frente apenas na região da “barriga”, ou seja, a mancha azul (série dos azuis) ou a mancha verde (série dos verdes) aparece do peito do pássaro para baixo. Este periquito apresenta-se nas duas séries de cor: azuis e verdes.

O periquito ARLEQUIM HOLANDÊS(É o Arlequim Dominante)
O periquito ARLEQUIM HOLANDÊS é uma variação dominante entre os arlequins, e trata-se de um periquito manchado (como é próprio dos arlequins), mas não segue os padrões de cores e manchas já pré-definidas entre os arlequins dominantes e recessivos.

Os periquitos ALBINO/ALBINO FACE AMARELA TIPO I E II
O periquito ALBINO é um periquito todo branco e que possui os olhos vermelhos. Já ALBINO FACE AMARELA tem uma cor quase que amarela mais diluída sendo creme mais a face amarela altera sua cor como nos normais.

O periquito LUTINO
O periquito LUTINO é um periquito todo amarelo e que possui os olhos vermelhos (narina dos machos ficam cor de rosa quando adultos).

O periquito AMARELO COMUM
O periquito AMARELO COMUM é um periquito todo amarelo e que possui os olhos pretos (narina dos machos ficam cor de rosa quando adultos).

O periquito BRANCO COMUM
O periquito BRANCO COMUM é um periquito todo branco e que possui os olhos pretos (narina dos machos ficam cor de rosa quando adultos).
Não existe mutação amarelo comum

O periquito FACE AMARELA OU DOURADA
O periquito FACE AMARELA OU DOURADA aparece na série dos azuis, onde em vez de apresentarem cara branca apresentam face amarela (amarelo mais fraco) ou face dourada (amarelo mais forte).

O periquito FÚLVO(FALLOW)
O periquito FÚLVO é um periquito que pode aparecer tanto na série dos azuis quanto na série dos verdes, mas possuem olhos vermelhos. (São periquitos raros).

O periquito CORPO CLARO
O periquito CORPO CLARO é também conhecido como Textas Clear Body , apresentam-se como um periquito NORMAL ou OPALINO, nas cores amarelo ou cinza bem claro quase branco.

O periquito AMARELO ESBRANQUIÇADO
O periquito AMARELO ESBRANQUIÇADO trata-se de um periquito amarelo-verde claro e que possui suas asas quase da cor do corpo e claras, assemelhando-se a um periquito cintilante ou asa cinza só que esbranquiçado.

O periquito ASA CANELA
O periquito ASA CANELA é um periquito que aparece tanto nas série dos azuis como nos verdes, mas suas asas são canelas

O periquito ASA CINZA
O periquito ASA CINZA é um periquito que aparece tanto nas série dos azuis como nos verdes, mas suas asas são cinzas.

O periquito ANTRACITE
O periquito ANTRACITE é um periquito que mais se aproxima do preto, sendo portanto, um cinza bem forte e escuro.

O periquito COM CRISTA
Este tipo de periquito apresenta um crista na cabeça, da mesma forma que ocorre com algumas espécies de canários.

O periquito FACE PRETA(BLACK FACE)
Trata-se de um periquito raro, podendo aparecer na série dos normais e opalinos, mas apresentam a face bem escura quase negra.

O periquito ROSTO DE CARVÃO(COAL FACE)
É uma mutação muito parecida ao face negra ou (face black) chamada de (coal face) rosto de carvão é uma mutação ou variação ainda pouco estudada em que não altera a cor da face deixando a mascara como nos periquitos normais e as estrias acima da cera do nariz não desapareçem quando envelheçem é uma mutação rara de transmissão ainda desconhecida se é recessiva ou dominante.

O periquito cinza
O fator cinzento atua sobre todas as variedades, distinguindo-se no verde e no azul. As aves verdes ficam verdes acinzentados e os azuis cinzentos este fator conjugado como fator escuro produz três tipos diferentes de verdes cinzentos prateados em vez do violeta nas variedades normais. As penas compridas da cauda e das asas em vez de azul escuro são pretos.

O fator VERDE CINZA
O fator cinzento atua sobre todas as variedades, distinguindo-se no verde e no azul. As aves verdes ficam verdes acinzentadas e as azuis, cinzentas. Este fator, conjugado com o fator escuro, produz três tipos diferentes de verdes cinzentos e outros três de cinzento. As manchas da face são cinzentas prateadas em vez do violeta nas variedades normais. As penas compridas da cauda e das asas em vez de azuis escuras são pretas.
O fator escuro mais comum é dominante, havendo cinzentos de fator simples e de fator duplo. Não existe diferença visual entre os cinzentos de fator simples e de duplo fator. A diferença manifesta-se apenas no modo de reprodução. Assim, por exemplo, se cruzarmos um Periquito de fator simples com um sem fator cinzento, obtém-se 50% de Periquitos sem fator cinzento e 50% de Periquitos cinzentos de fator simples. Por outro lado, se cruzarmos um Periquito sem fator cinzento com um cinzento de duplo fator obtemos 100% de Periquitos cinzentos de fator simples.
Os primeiros Periquitos Verdes Cinzentos apareceram na Bélgica em 1872. Apareceu uma mutação recessiva em 1943 na Austrália mas acabou por perder-se.

O periquito ASAS CLARAS
O fator asas claras caracteriza-se pela substituição do preto no dorso e asas dos periquitos normais por um branco escuro. A cor do corpo também mais clara do que nos periquitos normais, apresentando uma diluição na cor do corpo em relação a cor dos periquitos normais. É uma variedade rara e em termos de reprodução é uma variedade recessiva, mas é dominante aos periquitos amarelos e os brancos
Não é raro

O periquito violeta
Trata-se de uma variedade recente, cerca de 40 anos e não como cinza, uma cor, mas uma verdadeira factor que altera o tom da variedade em que está localizada. Ela vem de uma mutação de cobalto e só se juntou a cor é opticamente visível, podem estar presentes em todos os tipos e variedades de cor, mas apenas um olho expertopuede apreciar a diferença. Na série de verde distinguir o depósito verde / roxa, que tem um verde escuro, que é verde oliva, verde-oliva e verde / roxa com o corpo de oliva forte. Esses três tons, como visto fenos têm uma plumagem verde claro com tons amarelo, o azul / roxa vez são violeta / cobalto corpo azul com reflexos rosa mais ou menos acentuada, roxo / violeta cobalto reflexos fortes roxo e roxo / lilás com plumagem roxa visto forte e nuances que só rosados.Vemos violeta / cobalto facilmente distinguida de uma efeitos normais de exposição acho a reconhecer apenas aqueles que são apresentados com o nome genérico de Violet ""os outros são úteis para a reprodução, a fim de obter boa violeta. Exemplo: céu roxo / lilás e azul violeta cobalto portadores bom. Roxo / lilás e violeta / azul para violeta, roxo é geneticamente dominante sobre todas as cores, mas é completamente dominante.

O periquito DILUÍDO
O fator amarelo e branco caracteriza-se pela existência no mesmo tom do corpo e nas costas. A cor do corpo é amarela ou branca enquanto nas costas são bem visíveis as marcas bem mais diluídas do que nos periquitos normais. A cor dessas aves é consequência da diluição drástica na cor da ave que passa de verde a amarelo embora não tão vivo como ha mascara, bem como na diluição do preto existente nas costas, asas e cauda, embora se consiga distinguir com clareza os riscos ondulados e os spots.

Os periquitos CELESTE/CELESTE FACE AMARELA TPI e II
São os periquitos azuis claros e, portanto não contém nenhum fator de escuridão. Na foto aparece propositadamente um periquito azul cobalto, o último da fila da direita, serve para comparar e ver como é diferente de um celeste. Muitas pessoas ainda não dominam bem a linguagem a respeito dos periquitos e encontram dificuldades para explicar a cor de sua ave, quando bastaria apenas dizer: é um celeste e qualquer criador entenderia perfeitamente sem precisar comparar com nada mais.

O periquito ARCO ÍRIS
O arco íris tal como o lacewing. Não é nem uma variedade, mas a combinação de várias mutações.
O arco iris é a combinação do azul com o fator asas claras, o opalino e o face amarela, dando origem a aves muito coloridas .Como o fator azas claras é um fator raro, a combinação destas variedades faz com esta combinação seja ainda mais rara. A raridade de uma variedade faz com q ela não seja muito grande, originando que estas aves sejam muito pequenas em relação aos outros periquitos.

O periquito RENDADO(LACEWING)
O lacewing não é o resultado de uma mutação mas a junção do fator ino com o canela, não sendo nenhum fator mais a união de dois.
As marcas canela ao invés de se diluírem no lutino ou albino, sobressaem num ligeiro tom de canela. Como têm o fator ino estes periquitos têm os olhos vermelhos com a ires do olho branca. Em termo de reprodução, estas aves têm dois fatores que são ligados ao sexo.

O periquito do FATOR ESCURO
O fator escuro é uma variedade dominante pelo que se manifesta através da ausência desse fator pela sua existência com fator, pela sua existência com fator simples e pela sua existência com o duplo fator. Esta variação influencia os periquitos verdes e azuis, fornecendo-lhes três tons diferentes:
Na linha verde o fator escuro da origem ao verde claro e na sua ausência, ao verde escuro com o fator simples e ao verde azeitona com duplo fator.
Do mesmo modo, na linha azul, o azul celeste é a ausência do fator escuro, o azul cobalto há manifestação do fator simples e o azul malva um periquito azul com duplo fator escuro.

O periquito AZUL
A variedade azul caracteriza-se pela substituição no periquito da cor verde pelo azul e do amarelo, já que se juntar amarelo ao branco fica amarelo e se juntar azul ao amarelo fica verde.

O periquito SPANGLE (É o cintilante)
O fator spangle caracteriza-se por uma diminuição acentuada da melanina. Nas penas destes periquitos o preto é subistituido apenas pela linha do contorno ficando as costas e asas bastante claras. Os espots aparecem com uma cor preta ou branca ou amarelo no meio. As manchas da face podem ser violeta, brancas prateada ou uma mistura das duas.

O periquito SPANGLE MELÂNICO
O fator spangle melânico caracteriza-se por um almento da melanina em relação o spangle. É bastante semelhante ao spangle mas bem escuro. As suas penas das asas são semelhantes ao spangle mas a parte interior mas a parte interior da pena é bastante mais escura sem ficar como os normais. As rémiges são mais claras do que os periquitos normais mas mais escuras que os spangle. Na cauda são semelhantes aos spangle, sobressaindo a claridade da cauda em relação ao resto do corpo.

O periquito SPANGLE MELÂNICO DE DUPLO FATOR
É uma ave que pode ter o fator spangle melânico juntamente com o opalino, fazendo diminuir a intensidade do preto nas costas e trazendo a cor do corpo também para as costas.

Os periquitos Frisados Esta é uma mutação extremamente rara e não reconhecida. Esta mutação afeta as penas da cabeça e dos ombros, tendo as aves poupa e as penas frisadas nas asas. É também conhecida por poupa japonês, sendo muito apreciada no Japão.

O periquito SADLEBLACK (SELADO)
É uma mutação semelhante ao opalino, provocando a diminuição das linhas pretas nas costas e nas asas. No entanto, o amarelo ou branco existente nas asas mantém-se como nos normais ao contrário do que é substituído pelo verde e azul respectivamente. A lista branca da nas rémiges das asas existente na variedade opalina desaparece ficando estas penas completamente escuras como nas variedades normais.

Os periquitos de POUPA
Existem algumas variedades de periquitos de poupa, todas elas de carácter dominante. Existem poupas circulares, semicirculares e de tufo como se pode ver a figura em baixo. Existe ainda a poupa japonesa em que, para além da alteração propaga-se a algumas penas das asas que são conhecidos também como os frisados com poupa.

O periquito MOTTLE
O mottle é semelhante ao arlequim recessivo. A principal diferença é que à nascença, estas aves são idênticas as normais. A medida que a ave vai envelhecendo amarelo o amarelo ou o branco vão aparecendo por todo o corpo.

O fator Rémiges Claras é uma variedade malhada é o AD e caracteriza-se pela existência de partes completamente amarelas, no caso Periquitos verdes, ou brancas, no caso dos Periquitos azuis, sendo que as partes claras se cingem a uma mancha na nuca, às rémiges e cauda. Em todas as restantes partes do corpo são iguais às aves normais. Estes Periquitos têm a máscara igual ao dos Periquitos normais, com seis spots e as manchas violetas. Os olhos são pretos com a íris branca e as patas azuis ou cor de rosa. Embora que no standard o corpo é totalmente verde ou azul, o que acaba sempre por acontecer é que o amarelo ou branco da máscara se prolonga um pouco pelo corpo. Quando são portadores de arlequins recessivos e cruzados com arlequins recessivos dão origem a aves completamente amarelas ou brancas.
O modo de reprodução desta variedade é dominante.

Os periquitos BICOLORES
Os periquitos bicolores são o resultado de uma perturbação dos cromossomos, sendo metades verdes e metade azuis, metade machos e metade fêmeas. São por consequência estéreis.
Existem outros tipos de bicolores, chegando a acomular 4 mutações numa só ave e que nã são estéreis mas não transmitindo estas características à sua prol.

Aqui estão algumas informações sobre as cores e suas variações dominantes e recessivas.
A informação é apresentada a mero título informativo, notando que todos os anos aparecem novas variações e mutações.

O periquito NORMAL
O periquito NORMAL possui listras uniformes no dorso que seguem do topo da cabeça até a ponta das asas. Este periquito pode ter diversas cores como: verde, celeste (azul claro),cobalto (azul escuro), cinza, verde cinza, violeta, malva, etc.

O periquito OPALINO
O periquito OPALINO possui uma formação em “V” pelo “desenho” que as penas formam nas costas e as listras não seguem uniformes do topo da cabeça até a ponta das asas como ocorre com os periquitos normais. Este periquito pode ter diversas cores como: verde, celeste (azul claro), cobalto (azul escuro), cinza, verde cinza, violeta, malva, etc.

O periquito CINTILANTE
O periquito CINTILANTE possui as asas mais claras do que as asas dos periquitos normais. Um periquito normal verde possui suas asas pretas, canelas ou cinzas, já o periquito cintilante verde possui asas amarelas. Nas série dos azuis as asas são brancas. Existem algumas variações como o periquito asa clara que não possui nenhuma marca nas asas, sendo estas completamente brancas (série dos azuis) ou completamente amarela (série dos verdes). Este periquito pode ter diversas cores como: verde, celeste (azul claro), cobalto (azul escuro), cinza, verde cinza, violeta, malva, etc.

O CINTILANTE DUPLO FATOR
Na série dos cintilantes quando ocorre o aparecimento do duplo fator (acasalamento entre dois cintilantes) o periquito se apresenta todo amarelo (série dos verdes) ou todo branco (série dos azuis). Trata-se de um periquito cintilante apesar de observá-lo todo branco ou amarelo. Suas características principais em relação aos lutinos e albinos são: o porte que apresentam-se bem mais encorpados e a narina que nos machos quando adultos ficam azuis, enquanto nas séries dos INOS ficam cor de rosa.

O periquito ARLEQUIM DOMINANTE AUSTRALIANO (ADA)
O periquito ARLEQUIM DOMINANTE AUSTRALIANO possui listras no dorso que seguem uniformes do topo da cabeça até o meio das costas do pássaro, terminando as asas com as cores do pássaro (amarela ou branca). Diferencia-se facilmente dos demais por ser manchado no peito e “barriga”. Este periquito pode ter diversas cores como: verde, celeste (azul claro), cobalto (azul escuro), cinza, verde cinza, violeta, malva, etc.

O ARLEQUIM DOMINANTE AUSTRALIANO DUPLO FATOR (ADA DUPLO FATOR)
O periquito ARLEQUIM DOMINANTE AUSTRALIANO DUPLO FATOR possui seu corpo quase todo branco ou amarelo, possuindo apenas alguns sinais ou manchas em seu corpo. Este periquito nasce do cruzamento entre 2 periquitos arlequins dominantes.

O periquito ARLEQUIM RECESSIVO (AR)
O periquito ARLEQUIM RECESSIVO possui o dorso salpicado de canela nas costas e asas. O periquito arlequim recessivo (AR) diferencia-se facilmente dos demais por ser manchado na frente apenas na região da “barriga”, ou seja, a mancha azul (série dos azuis) ou a mancha verde (série dos verdes) aparece do peito do pássaro para baixo. Este periquito apresenta-se nas duas séries de cor: azuis e verdes.

O periquito ARLEQUIM HOLANDÊS
O periquito ARLEQUIM HOLANDÊS é uma variação dominante entre os arlequins, e trata-se de um periquito manchado (como é próprio dos arlequins), mas não segue os padrões de cores e manchas já pré-definidas entre os arlequins dominantes e recessivos.

Os periquitos ALBINO/ALBINO FACE AMARELA TIPO I E II
O periquito ALBINO é um periquito todo branco e que possui os olhos vermelhos. Já ALNINO FACE AMARELA tem uma cor quase que amarela mais diluída sendo creme mais a face amarela altera sua cor como nos normais.

O periquito LUTINO
O periquito LUTINO é um periquito todo amarelo e que possui os olhos vermelhos (narina dos machos ficam cor de rosa quando adultos).

O periquito AMARELO COMUM
O periquito AMARELO COMUM é um periquito todo amarelo e que possui os olhos pretos (narina dos machos ficam cor de rosa quando adultos).

O periquito BRANCO COMUM
O periquito BRANCO COMUM é um periquito todo branco e que possui os olhos pretos (narina dos machos ficam cor de rosa quando adultos).

O periquito FACE AMARELA OU DOURADA
O periquito FACE AMARELA OU DOURADA aparece na série dos azuis, onde em vez de apresentarem cara branca apresentam face amarela (amarelo mais fraco) ou face dourada (amarelo mais forte).

O periquito FÚLVO(FALLOW)
O periquito FÚLVO é um periquito que pode aparecer tanto na série dos azuis quanto na série dos verdes, mas possuem olhos vermelhos. (São periquitos raros).

O periquito CORPO CLARO
O periquito CORPO CLARO é também conhecido como Textas Clear Body , apresentam-se como um periquito NORMAL ou OPALINO, nas cores amarelo ou cinza bem claro quase branco.

O periquito AMARELO ESBRANQUIÇADO
O periquito AMARELO ESBRANQUIÇADO trata-se de um periquito amarelo-verde claro e que possui suas asas quase da cor do corpo e claras, assemelhando-se a um periquito cintilante ou asa cinza só que esbranquiçado.

O periquito ASA CANELA
O periquito ASA CANELA é um periquito que aparece tanto nas série dos azuis como nos verdes, mas suas asas são canelas.

O periquito ASA CINZA
O periquito ASA CINZA é um periquito que aparece tanto nas série dos azuis como nos verdes, mas suas asas são cinzas.

O periquito ANTRACITE
O periquito ANTRACITE é um periquito que mais se aproxima do preto, sendo portanto, um cinza bem forte e escuro.

O periquito COM CRISTA
Este tipo de periquito apresenta um crista na cabeça, da mesma forma que ocorre com algumas espécies de canários.

O periquito FACE PRETA(BLACK FACE)
Trata-se de um periquito raro, podendo aparecer na série dos normais e opalinos, mas apresentam a face bem escura quase negra.

O periquito ROSTO DE CARVÃO(COAL FACE)
É uma mutação muito parecida ao face negra ou (face black) chamada de (coal face) rosto de carvão é uma mutação ou variação ainda pouco estudada em que não altera a cor da face deixando a mascara como nos periquitos normais e as estrias acima da cera do nariz não desaparecem com o envelhecimento parecendo sempre um filhote é uma mutação rara de transmissão ainda desconhecida se é recessiva ou dominante.

O periquito cinza
O fator cinzento atua sobre todas as variedades, distinguindo-se no verde e no azul. As aves verdes ficam verdes acinzentados e os azuis cinzentos este fator conjugado como fator escuro produz três tipos diferentes de verdes cinzentos prateados em vez do violeta nas variedades normais. As penas compridas da cauda e das asas em vez de azul escuro são pretos.

O fator VERDE CINZA
O fator cinzento atua sobre todas as variedades, distinguindo-se no verde e no azul. As aves verdes ficam verdes acinzentadas e as azuis, cinzentas. Este fator, conjugado com o fator escuro, produz três tipos diferentes de verdes cinzentos e outros três de cinzento. As manchas da face são cinzentas prateadas em vez do violeta nas variedades normais. As penas compridas da cauda e das asas em vez de azuis escuras são pretas.
O fator escuro mais comum é dominante, havendo cinzentos de fator simples e de fator duplo. Não existe diferença visual entre os cinzentos de fator simples e de duplo fator. A diferença manifesta-se apenas no modo de reprodução. Assim, por exemplo, se cruzarmos um Periquito de fator simples com um sem fator cinzento, obtém-se 50% de Periquitos sem fator cinzento e 50% de Periquitos cinzentos de fator simples. Por outro lado, se cruzarmos um Periquito sem fator cinzento com um cinzento de duplo fator obtemos 100% de Periquitos cinzentos de fator simples.
Os primeiros Periquitos Verdes Cinzentos apareceram na Bélgica em 1872. Apareceu uma mutação recessiva em 1943 na Austrália mas acabou por perder-se.

O periquito ASAS CLARAS
O fator asas claras caracteriza-se pela substituição do preto no dorso e asas dos periquitos normais por um branco escuro. A cor do corpo também mais clara do que nos periquitos normais, apresentando uma diluição na cor do corpo em relação a cor dos periquitos normais. É uma variedade rara e em termos de reprodução é uma variedade recessiva, mas é dominante aos periquitos amarelos e os brancos.

O periquito violeta
Trata-se de uma variedade recente, cerca de 40 anos e não como cinza, uma cor, mas uma verdadeira factor que altera o tom da variedade em que está localizada. Ela vem de uma mutação de cobalto e só se juntou a cor é opticamente visível, podem estar presentes em todos os tipos e variedades de cor, mas apenas um olho expertopuede apreciar a diferença. Na série de verde distinguir o depósito verde / roxa, que tem um verde escuro, que é verde oliva, verde-oliva e verde / roxa com o corpo de oliva forte. Esses três tons, como visto fenos têm uma plumagem verde claro com tons amarelo, o azul / roxa vez são violeta / cobalto corpo azul com reflexos rosa mais ou menos acentuada, roxo / violeta cobalto reflexos fortes roxo e roxo / lilás com plumagem roxa visto forte e nuances que só rosados.Vemos violeta / cobalto facilmente distinguida de uma efeitos normais de exposição acho a reconhecer apenas aqueles que são apresentados com o nome genérico de Violet ""os outros são úteis para a reprodução, a fim de obter boa violeta. Exemplo: céu roxo / lilás e azul violeta cobalto portadores bom. Roxo / lilás e violeta / azul para violeta, roxo é geneticamente dominante sobre todas as cores, mas é completamente dominante.

O periquito DILUÍDO
O fator amarelo e branco caracteriza-se pela existência no mesmo tom do corpo e nas costas. A cor do corpo é amarela ou branca enquanto nas costas são bem visíveis as marcas bem mais diluídas do que nos periquitos normais. A cor dessas aves é consequência da diluição drástica na cor da ave que passa de verde a amarelo embora não tão vivo como ha mascara, bem como na diluição do preto existente nas costas, asas e cauda, embora se consiga distinguir com clareza os riscos ondulados e os spots.

Os periquitos CELESTE/CELESTE FACE AMARELA TPI II
São os periquitos azuis claros e, portanto não contém nenhum fator de escuridão. Na foto aparece propositadamente um periquito azul cobalto, o último da fila da direita, serve para comparar e ver como é diferente de um celeste. Muitas pessoas ainda não dominam bem a linguagem a respeito dos periquitos e encontram dificuldades para explicar a cor de sua ave, quando bastaria apenas dizer: é um celeste e qualquer criador entenderia perfeitamente sem precisar comparar com nada mais.

O periquito ARCO ÍRIS
O arco íris tal como o lacewing. Não é nem uma variedade, mas a combinação de várias mutações.
O arco ires é a combinação do azul com o fator asas claras, o opalino e o face amarela, dando origem a aves muito coloridas .Como o fator azas claras é um fator
raro, a combinação destas variedades faz com esta combinação seja ainda mais rara. A raridade de uma variedade faz com q ela não seja muito grande, originando que estas aves sejam muito pequenas em relação aos outros periquitos.

O periquito RENDADO(LACEWING)
O lacewing não é o resultado de uma mutação mas a junção do fator ino com o canela, não sendo nenhum fator mais a união de dois.
As marcas canela ao invés de se diluírem no lutino ou albino, sobressaem num ligeiro tom de canela. Como têm o fator ino estes periquitos têm os olhos vermelhos com a ires do olho branca. Em termo de reprodução, estas aves têm dois fatores que são lidados ao sexo.

O periquito do FATOR ESCURO
O fator escuro é uma variedade dominante pelo que se manifesta através da ausência desse fator pela sua existência com fator, pela sua existência com fator simples e pela sua existência com o duplo fator. Esta variação influencia os periquitos verdes e azuis, fornecendo-lhes três tons diferentes:
Na linha verde o fator escuro da origem ao verde claro e na sua ausência, ao verde escuro com o fator simples e ao verde azeitona com duplo fator.
Do mesmo modo, na linha azul, o azul celeste é a ausência do fator escuro, o azul cobalto há manifestação do fator simples e o azul malva um periquito azul com duplo fator escuro.

O periquito AZUL
A variedade azul caracteriza-se pela substituição no periquito da cor verde pelo azul e do amarelo, já que se juntar amarelo ao branco fica amarelo e se juntar azul ao amarelo fica verde.

O periquito SPANGLE
O fator spangle caracteriza-se por uma diminuição acentuada da melanina. Nas penas destes periquitos o preto é subistituido apenas pela linha do contorno ficando as costas e asas bastante claras. Os espots aparecem com uma cor preta ou branca ou amarelo no meio. As manchas da face podem ser violeta, brancas prateada ou uma mistura das duas.

O periquito SPANGLE MELÂNICO
O fator spangle melânico caracteriza-se por um almento da melanina em relação o spangle. É bastante semelhante ao spangle mas bem escuro. As suas penas das asas são semelhantes ao spangle mas a parte interior mas a parte interior da pena é bastante mais escura sem ficar como os normais. As rémiges são mais claras do que os periquitos normais mas mais escuras que os spangle. Na cauda são semelhantes aos spangle, sobressaindo a claridade da cauda em relação ao resto do corpo.

O periquito SPANGLE MELÂNICO DE DUPLO FATOR
É uma ave que pode ter o fator spangle melânico juntamente com o opalino, fazendo diminuir a intensidade do preto nas costas e trazendo a cor do corpo também para as costas.

Os periquitos FRISADOS
Esta é uma mutação extremamente rara e não reconhecida. Esta mutação afeta as penas da cabeça e dos ombros, tendo as aves poupa e as penas frisadas nas asas. É também conhecida por poupa japonês, sendo muito apreciada no Japão.

O periquito SADLEBLACK (SELADO)
É uma mutação semelhante ao opalino, provocando a diminuição das linhas pretas nas costas e nas asas. No entanto, o amarelo ou branco existente nas asas mantém-se como nos normais ao contrário do que é substituído pelo verde e azul respectivamente. A lista branca da nas rémiges das asas existente na variedade opalina desaparece ficando estas penas completamente escuras como nas variedades normais.

Os periquitos de POUPA
Existem algumas variedades de periquitos de poupa, todas elas de carácter dominante. Existem poupas circulares, semicirculares e de tufo como se pode ver a figura em baixo. Existe ainda a poupa japonesa em que, para além da alteração propaga-se a algumas penas das asas que são conhecidos também como os frisados com poupa.
poupa circular
poupa semicircular
periquito de tufo

O periquito MOTTLE
O mottle é semelhante ao arlequim recessivo. A principal diferença é que à nascença, estas aves são idênticas as normais. A medida que a ave vai envelhecendo amarelo o amarelo ou o branco vão aparecendo por todo o corpo.

O Fator Rémiges Claras
O fator Rémiges Claras é uma variedade malhada e caracteriza-se pela existência de partes completamente amarelas, no caso Periquitos verdes, ou brancas, no caso dos Periquitos azuis, sendo que as partes claras se cingem a uma mancha na nuca, às rémiges e cauda. Em todas as restantes partes do corpo são iguais às aves normais. Estes Periquitos têm a máscara igual ao dos Periquitos normais, com seis spots e as manchas violetas. Os olhos são pretos com a íris branca e as patas azuis ou cor de rosa. Embora que no standard o corpo é totalmente verde ou azul, o que acaba sempre por acontecer é que o amarelo ou branco da máscara se prolonga um pouco pelo corpo. Quando são portadores de arlequins recessivos e cruzados com arlequins recessivos dão origem a aves completamente amarelas ou brancas. O modo de reprodução desta variedade é dominante.
Os periquitos BICOLORES
Os periquitos bicolores são o resultado de uma perturbação dos cromossomos, sendo metades verdes e metade azuis, metade machos e metade fêmeas. São por consequência estéreis.
Existem outros tipos de bicolores, chegando a acomular 4 mutações numa só ave e que nã são estéreis mas não transmitindo estas características à sua prol.



CRUZAMENTOS QUE PODEM RESULTAR EM PERIQUITOS ALBINOS
Mas estes cruzamentos significam ter de utilizar periquitos albinos. E se não for possível encontrá-los, não se poderão utilizar outras cores para obtê-los? A resposta é sim. Neste caso terão de se encontrar dois casais, para evitar a consanguinidade quando se cruzarem os filhos. Os machos deverão ser lutinos (ave igual ao albino mas amarela com algumas penas nas asas e na cauda brancas e uma mancha branca em cada lado da face - ver imagem superior) e as fêmeas azuis. Os resultados serão:

Macho Lutino x Fêmea Azul = 25% Machos Verde/Azul, Lutino (ou Albino)
25% Machos Azul/Albino
25% Fêmeas Lutino
25% Fêmeas Albino

CRUZAMENTOS UZANDO MACHOS E FÊMEAS DA LINHA AZUL
Macho Albino x Fêmea Albino = 100% Albino

Macho Albino x Fêmea Azul = 50% Machos Azul/Albino
50% Fêmeas Albino

Macho Azul/Albino x Fêmea Albino = 25% Machos Azul/Albino
25% Machos Albino
25% Fêmeas Azul
25% Fêmeas Albino

Macho Azul/Albino x Fêmea Azul = 25% Machos Azul
25% Machos Azul/Albino
25% Fêmeas Azul
25% Fêmeas Albino

Macho Azul x Fêmea Albino = 50% Machos Azul/Albino
50% Fêmeas Azul

Macho Azul x Fêmea Azul = 100% Azul


Periquitos de Cores Dominantes
Verdes
Fator escuro
Cinzas
Violetas
Cintilantes
Faces Amarelas
Arlequins Dominantes Australiano
Arlequins Dominantes Holandês
Corpos Claros
Cristas
Diluídos
Spangle
Spangle melânico
Poupas circulares, semicirculares, tufo
Poupa japonesa
Rémigis claras

Periquitos de Cores Recessivas
Celestes
Azuis
Arlequins Recessivos
Rendados
Amarelos Comuns
Brancos Comuns
Lutinos
Albinos
Asas Claras
Asas Cinzentas
Faces Preta
Arco íris
Opalinos
Saddleblack ou selado
Mottle
Bicolores
Asas claras


Farinhada caseira

FARINHADA 1
Receita da uma farinhada de ovo caseira quantidade dos ingredientes depende do número de psitacideos a serem alimentadas. Calcule de 2 a 3 colheres de café cheias de farinhada para cada ave. A seguinte receita é a menor quantidade que dá para se fazer de uma farinhada e deve-se descartar eventual sobra : 1 ovo pequeno cozido por aproximadamente 10 minutos (após a fervura), e espremido no espremedor de batatas. Acrescente ao ovo 1 colher de sobremesa de mucilon, 1 outra de neston, 2 de fubá tipo MILHARINA, KIMILHO (fubá de milho em flocos), 1 pitada de sal. Pode ser acrescida a essa mistura, cenoura e/ou couve raladas. Em épocas de reprodução e muda de penas, ponha 1 pitada do pó de Aminomix (você pode adquirir em Pet Shop). Sirva a farinhada ainda morna, e retire-a caso tenha sobras, no mesmo período do dia, devido ao ovo.

FARINHADA 2
Fácil, apenas frite um ovo sem óleo mexendo sempre para ficar igual a uma farofa, depois acrescente quirela de milho ou farinha de milho (duas colheres de sopa para cada ovo), misture e pronto, se quiser acrescente níger,golza ou ainda um suplemento mineral ou vitamínico em pó.

FARINHADA 3

Outra farinhada: para cada ovo cozido amassado + 1 colher de sopa de proteína de soja texturizada + 1 colher de sopa bem cheia de farinha de milho média + 1 colher de sopa bem cheia de milheto. Dar 1 vez por semana. Pode-se eventualmente acrescentar uma pitada de levedura de cerveja (rica em complexo B). Experimentar colocar Mucilon junto com o ovo cozido. Espremer uma cenoura cozida junto com o ovo.

FARINHADA 4
Farinha de rosca 20%, Neston (Floco de cereais ¬ trigo, cevada e aveia)- 60%, Farinha Láctea ¬ 20%. Para cada quilo de farinhada pronta acrescentar 45 gramas de pré-mix (aminoácidos essenciais) encontrado em lojas de animais e 45 gramas de fosfato bi-cálcico. Para cada quatro colheres (sopa) das farinhas acrescentar um ovo cozido triturado.




Última edição por Henrique Tenório em Sab Abr 20, 2013 7:01 pm, editado 1 vez(es)

Henrique Tenório
Criador nível 2
Criador nível 2

Masculino
Mensagens : 338
Reputação : 12
Idade : 18
Data de inscrição : 12/02/2013
Localização : Casa Nova BA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Henrique Tenório em Ter Abr 16, 2013 8:41 pm

David eu queria que esse topico fosse fixo mais eu não seu colocar ele pra topicos fixos põe ele nos fixos.

Henrique Tenório
Criador nível 2
Criador nível 2

Masculino
Mensagens : 338
Reputação : 12
Idade : 18
Data de inscrição : 12/02/2013
Localização : Casa Nova BA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Wendel em Qua Abr 17, 2013 7:40 am

Olha, tem informação equivocada aí nesse texto. É bom dar uma revisada.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Blog PERNAMBUQUITOS

Wendel
Vip
Vip

Masculino
Sub-Nick : Pernambuquitos
Quantos pássaros você cria? : 55
Mensagens : 1205
Reputação : 283
Idade : 34
Data de inscrição : 25/11/2012
Localização : Paulista-PE

Ver perfil do usuário http://pernambuquitos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Raquel F em Qua Abr 17, 2013 8:33 am

Realmente tem algumas informações equivocadas e tem itens repetidos também.
Concordo com o Wendel é necessário uma boa revisão.

Raquel F
Supervisor
Supervisor

Feminino
Mensagens : 5892
Reputação : 834
Idade : 28
Data de inscrição : 20/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Victor Hugo em Qua Abr 17, 2013 4:51 pm

Muito bom , parabéns , como nosso amigos disse realmente tem lgumas informações equivocadas e tem itens repetidos


Meu blog: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Página: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Victor Hugo
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens : 7806
Reputação : 469
Idade : 18
Data de inscrição : 22/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Agapornis do Tito em Qua Abr 17, 2013 6:01 pm

Bom artigo Herinque! algumas falhas mas tá ok Smile

Abraço.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Agapornis do Tito
Criador experiente
Criador experiente

Masculino
Mensagens : 984
Reputação : 61
Idade : 23
Data de inscrição : 27/03/2013
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Henrique Tenório em Qua Abr 17, 2013 6:10 pm

disculpa da prossima vez eu tomo mais cuidado

Henrique Tenório
Criador nível 2
Criador nível 2

Masculino
Mensagens : 338
Reputação : 12
Idade : 18
Data de inscrição : 12/02/2013
Localização : Casa Nova BA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Raquel F em Qui Abr 18, 2013 8:47 am

Henrique você pode editar o seu tópico assim você arruma as partes repetidas e as equivocadas desse modo o seu tópico ficará ótimo.

Raquel F
Supervisor
Supervisor

Feminino
Mensagens : 5892
Reputação : 834
Idade : 28
Data de inscrição : 20/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Henrique Tenório em Qui Abr 18, 2013 9:00 am

põe exemplos de onde estão os erros pois eu não to vendo

Henrique Tenório
Criador nível 2
Criador nível 2

Masculino
Mensagens : 338
Reputação : 12
Idade : 18
Data de inscrição : 12/02/2013
Localização : Casa Nova BA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Raquel F em Qui Abr 18, 2013 9:21 am

Henrique eu deixei em vermelho o que está equivocado ou repetido, se você tiver tempo agora eu ajudo você a arrumar o tópico.

Raquel F
Supervisor
Supervisor

Feminino
Mensagens : 5892
Reputação : 834
Idade : 28
Data de inscrição : 20/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Samuel Leão em Qua Maio 21, 2014 5:48 pm

Que coisa linda.
que demora em encontrar este tópico --'

no caso está corrigido?
para que eu possa imprimir?

Samuel Leão
Criador nível 2
Criador nível 2

Masculino
Sub-Nick : Silgran
Quantos pássaros você cria? : 17
Mensagens : 271
Reputação : 9
Idade : 24
Data de inscrição : 22/03/2014
Localização : MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Gladson Edgar em Qua Maio 21, 2014 6:07 pm

Muito bom ,gostei muito da ideia ,porem realmente tem algumas coisas equivocadas , mais isso será uma mão na roda para os iniciantes ...

Muito Bom


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



'' Você pode ter dezenas, milhares,
mas se não souber amar, vai ser a mesma coisa
de não ter nenhuma. Vago de Sentimento.
Criar, Ter, Amar, são palavras diferentes
no quisito criação, hobby, dedicação.''

Gladson Edgar
Criador experiente
Criador experiente

Masculino
Quantos pássaros você cria? : 46
Mensagens : 1189
Reputação : 55
Idade : 26
Data de inscrição : 20/06/2013
Localização : Salvador

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia de mutações e variaçoes de periquitos,cruzamentos que resultem em albinos e aprenda a fazer farinhadas caseiras para seus quitos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 1:04 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum