Informações sobre o Pintassilgo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Informações sobre o Pintassilgo

Mensagem por Davi Hemerly em Ter Abr 02, 2013 9:54 am

Informações sobre o Pintassilgo

o Brasil e Portugal são conhecidos como Pintassilgo. Nos países de língua inglesa são conhecidos por Siskin, Goldfinch, Linnet, etc.
São pássaros da familia Fringillidae assim como os Gaturamos (Euphonia sp. e Chlorophonia) e sub-família Carduelinae, assim como os Canários-do-Reino (Serinus canaria domestica) e são do gênero Carduelis. Atualmente são conhecidas 35 espécies de Pintassilgos - Carduelis sp. - espalhadas por quase todos os continentes.

São originários da Eurásia e com o passar dos tempos invadiram as Américas.
De acordo com estudos recentes de genética, as espécies mais recentes incorporaram a melanina na plumagem, cor preta, recentemente, as mais antigas preservam características dos ancestrais, plumagem em tons de cinza e estriadas.

As espécies americanas possuem canto com andamento rápido, melodioso e semelhante, ora com timbres mais agudos, ora mais graves. Entre as espécies européias e asiáticas, Carduelis cannabina é considerado um excelente cantor, assim como o Carduelis carduelis.

Alguns Carduelis imitam com perfeição vozes do seu habitat natural, por exemplo o Pintassilgo-de-Cabeça-Preta (Carduelis magellanica icterica), imita o alarme de Andorinhas (Notiochelidon cyanoleuca), chamados dos Pardais (Passer domesticus) e também o chamado do Gavião (Buteo magnirostris). Alguns, criados em cativeiro, aprendem com excelência o canto de um Curió (Sporophila angolensis) ou de um Coleiro (Sporophila caerulescens), o qual exibem com total perfeição.
O bico, geralmente longo, não é forte para esmagar sementes. Por isso a sua alimentação é baseada em sementes moles e sementes em formação.

O gênero Carduelis também tem um jeito especial de trato dos filhotes, eles não levam a ceva no bico, mas engolem-na e digerem-na parcialmente no papo para depois regurgitá-la sob forma de uma massa que é então ministrada aos filhotes.

No Brasil ocorrem apenas duas espécies:

1- Pintassilgo-do-Nordeste - Carduelis yarrellii - mede aproximadamente 11cm, o macho é todo amarelo com o alto da cabeça negro, motivo que também lhe valeu também o nome de Coroinha, as asas e a cauda também são negras e possuem as marcações amarelas, característica do gênero. A fêmea é de um amarelo intenso e não possui a "coroa" no alto da cabeça, mas distinguisse facilmente das fêmeas de Carduelis magellanica por ter o queixo amarelo. Também ocorrem na Venezuela, onde estão quase extintos. Os Carduelis yarrellii da Venezuela são menores e possuem barriga branca.

2- Pintassilgo-de-Cabeça-Preta - Carduelis magellanica - em sua área de ocorrência, a América do Sul, possui 11 sub-espécies, com variação de tamanho e cor, sendo que 3 ocorrem no Brasil:

a) Pintassilgo-de-Cabeça-Preta-Comum - Carduelis magellanica icterica - mede aproximadamente 12cm, o macho é amarelo esverdeado com o capuz negro, asas e cauda com marcações amarelas e região da cloaca esbranquiçada.

b) Pintassilgo-Goianinho - Carduelis magellanica alleni - é semelhante ao anterior, menor e mais amarelo, região da cloaca é totalmente amarela.

c) Pintassilgo-de-Roraima - Carduelis magellanica longirostris - além da semelhança com os anteriores, possui o bico muito longo, algo semelhante ao de Carduelis carduelis. As fêmeas das três sub-espécies descritas são semelhantes aos machos, porém de cor pálida e na cabeça, se bem observado, vê-se o capuz em tons bem esmaecidos.

As espécies de Pintassilgos Americanas pertenciam ao antigo gênero Spinus e atualmente estão inclusas no gênero Carduelis. Na Eurásia os pássaros do gênero Chloris - Verdilhões - e Acanthis - Pintaroxos - e recentemente alguns pássaros do gênero Serinus - Canários - também foram inclusos neste gênero. Embora com grande semelhança morfológica, estes três ou quatro "tipos" que formam o novo gênero Carduelis ainda possuem muitas diferenças. Por exemplo: voz, hábitos, alimentação, etc. Sobre isso há muito à ser estudado, por exemplo: as espécies Sul e Centro Americanas quando cruzadas entre si, produzem filhotes 100% férteis, mas quando cruzadas com a maioria das espécies Européias e Asiáticas raramente produzem filhotes férteis.
Há espécies pouco conhecidas como o Carduelis yemenensis e Carduelis monguilotti; outras raras e ameaçadas de extinção como o Carduelis siemiradzkii do Equador, o Carduelis yarrellii que é alvo da caça predatória e dos avanços tecnológicos na agricultura na Venezuela e no Brasil; o Carduelis cucullata - Pintassilgo-da-Venezuela

- estava praticamente extinto devido aos interesses humanos: a mestiçagem com o bom e velho Canário-do-Reino, para a obtenção do fator vermelho. Felizmente, hoje, no Brasil, existem criadores comerciais desta espécie, muito sérios, e no mundo todo, que se preocupam com a conservação destes pássaros, reproduzindo-os em cativeiro.

Foram criados projetos para a conservação de Carduelis cucullata e Carduelis yarrellii na Venezuela e Carduelis siemiradzkii no Equador, vide [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
No Brasil, se não forem tomadas as devidas providências, o que será dos Pintassilgos-do-Nordeste? O caminho será o mesmo do Mico Leão Dourado? Da Ararinha Azul? Será necessário o pássaro estar à beira de extinção para que as autoridades tomem algum tipo de providência?
Você quer criar pássaros silvestres? Vá em frente, mas faça tudo dentro da lei. Lembre-se, colabore com a preservação de nossas aves, além do Pintassilgo-do-Nordeste muitos outros pássaros Brasileiros correm o mesmo risco de extinção. É aconselhável ao iniciante visitar o site da COBRAP e do SISPASS, antes de adquirir os pássaros. Leia com atenção os artigos, leis e dicas destes sites e se tiver alguma dúvida, pergunte aos técnicos.

Somente adquira pássaros domésticos de origem silvestre com anilha fechada, inviolada e com registro do SISPASS ou de criadouro comercial, devidamente cadastrado no IBAMA e que, além do pássaro anilhado, forneçam também a Nota Fiscal de venda.

Autor: Carlos Henrique Luz Nunes de Almeida


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Informações sobre o Pintassilgo

Mensagem por Itamar Júnior em Seg Abr 08, 2013 1:48 pm

Legal!

Itamar Júnior
Criador experiente
Criador experiente

Masculino
Mensagens : 1680
Reputação : 132
Idade : 16
Data de inscrição : 13/01/2013
Localização : Santa Catarina

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/junior.rossatto.9

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Informações sobre o Pintassilgo

Mensagem por Reryson Colares em Ter Abr 16, 2013 5:20 pm

Muito bom!!


Respeite as regras do fórum!!!
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Reryson Colares
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : RC
Mensagens : 5855
Reputação : 562
Idade : 20
Data de inscrição : 12/09/2012
Localização : Fortaleza-ce

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Informações sobre o Pintassilgo

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:36 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum