Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Mensagem por Davi Hemerly em Dom Mar 17, 2013 10:53 pm

Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Alimentação

Mistura de Sementes:
A mistura que estou a utilizar, como base da alimentação, é a mistura da Versele-Laga para Neophemas. É uma mistura com sementes mais pequenas e não tão rijas e, o essencial, é que não tem qualquer tipo de girassol. O girassol é uma semente rica em proteínas (aproximadamente 24%) e gordura (mais de 40%), contem ainda bastantes ácidos gordos benéficos. Mas, a alta percentagem de gordura presentes nas sementes de Girassol tem efeitos prejudiciais nos Forpus. Leva a que as aves fiquem gordas, provocando lesões ao nível do Fígado, podendo levar à morte, dificuldades de postura nas fêmeas, etc.
A esta mistura ainda junto um pouco mais de milho-alvo amarelo, sementes de relva e Níger.

Composição da Mistura
Milho Alvo Branco -----30%
Alpista----------------24,5%
Milho Alvo Amarelo-----11%
Aveia Descascada------9%
Milho Alvo Japonês------6%
Cânhamo---------------5%
Trigo Sarraceno---------4,5%
Níger-------------------4%
Linhaça-----------------4%
Cártamo----------------2%

Frutas e Vegetais:
Dou quase todo o tipo de vegetais e frutas. Não lhes dou Abacate porque é supostamente tóxico (também não vou testar se é ou não) e alface, por supostamente provocar diarreia e não tem qualquer tipo de nutrientes importantes.

As frutas e vegetais que os meus Forpus mais gostam são: maçã, romã, pêssego, pepino, brócolos, tomate (maduro), figos, cerejas, papaia, manga, uvas, melão, meloa, melancia, etc. Como podem reparar forneço uma variedade de alimentos "frescos" e nem imaginam como eles adoram "triturar" tudo o que lhes ponho na gaiola.
Como dica: há uma fruta que não coloquei na lista por uma razão. "Queria dar-lhe um pouco de importância". O nome dessa fruta é Physalis, e podemos encontrar facilmente em qualquer grande superfície comercial. É bastante apreciada pelos Forpus, já que é originária da America do Sul (a terra dos Forpus).

Sementes Germinadas:
Já todos ouviram falar dos inúmeros benefícios na utilização de sementes germinadas na alimentação das nossas aves, e ao invés também ouvimos dizer o quanto pode ser perigoso quando mal preparada ou mal manuseada. Eu pessoalmente forneço com alguma regularidade sementes germinada às minhas aves, os benefícios que obtenho são maiores do que a não utilização do mesmo.
Antes de mais é necessário conseguir uma mistura para germinar de muito boa qualidade, sementes mais frescas germinam mais facilmente com menor possibilidade de contaminarem as outras. A mistura que utilizo é a da Versele-Laga para Germinar, uma outra boa mistura que poderá utilizar é a dos Pombos, também ela própria para germinar.

Como eu faço:
Como tenho poucas aves não costumo fazer uma grande quantidade de germinado. Geralmente dá para 3 dias.

Materiais necessários: Garrafa água 1.5lt; Garrafa água 0.5lt; uma escumadeira.

• Garrafa de 1.5lt é cortada mais ou menos a meio. A tampa é perfurada com um ferro em brasa.
• Garrafa de 0.5lt, serve para lavar as sementes
• Escumadeira, serve para lavar as sementes na água corrente


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Começo por lavar muito bem as sementes com a ajuda da garrafa de 0.5lt. Coloco as sementes, que necessito dentro da garrafa, e com movimentos rápidos tento "chocalhar" o mais que possa. Mudo várias vezes a água até que a mesma deixe de ter uma cor escura. Deixo as sementes dentro de água durante 6 a 8 horas. Passo
novamente por água e coloco as sementes na parte cónica da garrafa de 1.5lt que cortei anteriormente. Deixo as sementes "repousar". Vou "regando" as sementes para não secarem, para que a germinação seja mais rápida. Quando as for fornecer às minhas aves faço da seguinte maneira. Coloco o necessário dentro da garrafa de 0.5lt, lavo novamente como descrito anteriormente, ponho um pouco de Amukina e deixo as semententes de dentro de água durante 15m. Depois desse tempo coloco as sementes na escumadeira e lavo muito, em água corrente, até que o cheiro a Amukina passe.

Estão prontas a ser servidas. Com este meu processo nunca tive qualquer problemas com fungos, etc. Apenas tenho o cuidado de "servir" pequenas quantidades para que as aves as comam rápidamente, coloco sempre num comedouro próprio, nunca junto de outra comida, como papa de ovo, frutas ou vegetais.
Espero que esta informção tenha sido bastante útil. Acreditem que as vossas aves vão gostar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Reprodução de Forpus Coelestis

Dados Gerais
Geralmente os Forpus Coelestis são aves fáceis de reproduzir, mas como em tudo, há que estar familiarizado com as suas características como reprodutores, só assim os resultados serão os esperados.
Um Forpus atinge a maioridade sexual por volta dos 12 meses de idade, em alguns casos com 8 meses de idade eles começam a criar. Quem defenda que 2, ou mais, casais criam melhor do que apenas um, nesse caso é preferível que não se vejam, que se façam ouvir mas longe da vista. Truques, também tenho alguns, mas não sou como os mágicos que os guardam só para eles. O barulho da água a correr potencia a reprodução, um motor de aquário, daqueles exteriores, a correr para dentro de um balde serve perfeitamente. Mas, há uma razão lógica para isso acontecer, na região onde os Forpus Coelestis são oriundos, é uma zona árida, o barulho da água a correr diz-lhes que vão ter alimentos em abundância num futuro próximo. Em vez de se ter o ninho suspenso na gaiola, que tal colocar esse mesmo ninho apoiado num pedaço de madeira? Se alguém tiver mais algum truque que queira disponibilizar, agradeço.

Preparação à Criação - Forpus Coelestis
Começo por desparasitar as aves (a duração varia conforme o produto a utilizar). Devido aos efeitos negativos da desparatisação convém dar um Complexo-B para “acalmar” o fígado. Há no mercado novos produtos que não têm esses efeitos negativos nas aves, logo não é necessário dar o Complexo-B.
Como as aves durante a criação e defeso ganham um pouco de peso e ficam com excesso de gordura no fígado convêm dar Colina (qualquer marca serve).

A seguir uma vitamina E (estou a utilizar e com bons resultados NEKTON-E)
Se necessário fazer um tratamento às Salmonelas, fazer passar sede às aves para elas tomarem melhor o medicamento.

Fica o esquema:
• Desparasitar (aprox 1 mês)
• 5 dias Complexo-B
• 2 dias Água Limpa
• 5 dias Colina
• 2 dias Água Limpa
• 5 dias Colina
• 2 dias Água Limpa
• 5 dias Vitamina E
• 2 dias Água Limpa
• 5 dias Vitamina E
• Tratamento Salmonelas (se necessário)
• 5 dias Complexo-B (se necessário)


Alimentação
Mistura Sementes – dou a mistura de sementes já mencionada até ao nascimento das crias. Assim que as crias começam a nascer dou-lhes um pouco de sementes de Girassol, num comedouro à parte. Como é uma semente bastante gorda dá um suplemento de energia aos pequenotes, tão importante nos primeiros dias de vida.

Sementes Germinadas – é nesta fase que lhes começo a fornecer quase todos os dias sementes germinadas, não esquecer que a “limpeza” das mesmas, é de estrema importância já que os pequenotes são mais facilmente mortos por fungos e bactérias.

Papa de Ovo – nos primeiros dias de vida forneço uma papa mais fina, a conselho de um criador amigo. Quando os pintos começarem a ficar maiores dou-lhes uma papa mais granulada. Como conselho: à papa juntem um pouco de proteína animal: camarões (daqueles dados as tartarugas); ovos de formigas; papa insectívora.

Frutas e Vegetais – nos primeiros dias de vida não lhes dou qualquer tipo de vegetais ou frutas. Vou, mais tarde, colocando à disposição um pouco de cada.
Minerais e Vitaminas – por cada quilo de papa uma saqueta de Tabernil Cria, ou Promotor Cria, etc. Para melhor desenvolvimento dos ossos, duplico a dose de Cálcio que costumo fornecer durante todo o ano. Uso também de probióticos, que ajudam na flora intestinal, fortalecendo as jovens aves.

Ninho
O ninho que utilizo é em forma de L com duas câmaras, uma de “choco” e outra para o macho. Assim há menos hipóteses de lutas no interior do ninho levando à morte de pintos e destruição de ovos. As medidas que utilizo são as seguintes: (A)15X (L)15X (C)25
Como cama do ninho uma camada aparas de pinho (ATENÇÃO: SEM CHEIROS e outras coisas desse tipo), pode ser também colocado lascas finas de faia.
Recomendo que a abertura do ninho esteja virada para Sul
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fonte:http://forpus.webnode.com
Agradecimentos: Alexandre Albers


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Mensagem por Bruno M. em Dom Set 08, 2013 6:57 pm

Nossa informaçoes preciosas
Vlw mesmo me ajudou muito Smile 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Bruno M.
Criador nível 3
Criador nível 3

Masculino
Mensagens : 534
Reputação : 10
Idade : 21
Data de inscrição : 06/09/2013
Localização : Interior- SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Mensagem por djemine em Ter Nov 12, 2013 1:17 pm

boa tarde, gostaria de ajuda, na verdade algumas dicas, 1° posso deixar mais de um casal em um viveiro, para que eles escolham sozinhos seus pares? - li em seu texto acima, que na criação em gaiolas não é bom que os casais tenham contato visual, qual o motivo? - e por último, em um casal de fêmea verde portadora de amarelo, com que cor de macho teria alguma chance de tirar filhotes amarelos (albino, branco ou apenas com um amarelo)?

djemine
Criador novato
Criador novato

Masculino
Mensagens : 9
Reputação : 0
Idade : 36
Data de inscrição : 26/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Mensagem por Tarantinni em Seg Ago 18, 2014 11:28 pm

Ótimas informações..


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta. 
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]




Tarantinni
Criador experiente
Criador experiente

Masculino
Sub-Nick : Theodoro
Quantos pássaros você cria? : 46
Mensagens : 1478
Reputação : 142
Idade : 24
Data de inscrição : 24/05/2014
Localização : Caratinga - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Mensagem por apaixonadoporforpus em Sex Nov 07, 2014 5:13 pm

ola alguém conhece algum criador de forpus em santa catarina comecei uma criação e vou precisar de mutações e também ajuda com manejo

apaixonadoporforpus
Criador novato
Criador novato

Masculino
Mensagens : 5
Reputação : 0
Idade : 49
Data de inscrição : 07/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Mensagem por Romildo Borges em Seg Jun 01, 2015 9:31 pm

Informações detalhadas e claras parabéns.

Romildo Borges
Criador novato
Criador novato

Masculino
Mensagens : 4
Reputação : 0
Idade : 71
Data de inscrição : 01/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação e Reprodução de Forpus Coelestis

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:12 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum