Entrevista com Aloísio Tostes - Presidente COBRAP (Para os Bicudeiros)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Entrevista com Aloísio Tostes - Presidente COBRAP (Para os Bicudeiros)

Mensagem por Andre Bass em Sex Dez 14, 2012 4:38 am

Este artigo fala sobre a criação de bicudos, especialmente sobre a modalidade canto de bicudo. O entrevistado dispensa apresentações, Aloísio Tostes, presidente COBRAP, uma das figuras mais conhecidas na criação de pássaros nativos do Brasil. Talvez o mais famoso de todos os passarinheiros.

Seu trabalho abnegado a frente da COBRAP tem divulgado muito a criação legalizada de pássaros da fauna nativa do Brasil! No momento é uma de nossas esperanças para um futuro melhor e com uma legislação que estimule a criação com geração de renda e preservação da natureza.

A idéia é um texto não técnico que possa ser lido e entendido por leigos que admiram os pássaros e criadores iniciantes.

O Sr. Aloísio Tostes, foi proprietário do Batuque, grande campeão de fibra e canto, uma referência para o canto goiano clássico.

1) Mestre, quais são os tipos de canto de bicudo existentes atualmente?
Não há como saber quais são os tipos de canto existentes, são inúmeros porque o bicudo tem grande facilidade em assimilar trechos de dialetos diferentes e montar um modelo diferente. Depois que outro bicudo faz parelha está criado um novo estilo...; todavia se levarmos para a classificação oficial, ficaríamos com os seguintes:
Canto Flauta (inúmeros e indefinidos dialetos com voz flauta (ressonada);
Canto Regional (inúmeros e indefinidos dialetos com voz corrida;
Canto Alta Mogiana Clássico
Canto Alta Mogiana
Canto Goiano Clássico

2) Nos torneios existem quatro estacas de canto (mais conhecidas): Goiano, Alta Mogiana, Flauta e Peito de Aço. Quais as principais diferenças entre estes cantos? Qual o tipo que tem mais adeptos e competidores?
Cada um deles tem suas próprias seqüência de notas à exceção do flauta que não obedece a padrão determinado e o Peito de Aço que é o Canto Livre com Repetição sem qualquer consideração à qualidade do canto.

3) Seu criatório é voltado para canto e fibra, certo? Quais são os principais desafios de um criador de bicudos que tenta formar bicudos de canto clássico ou de fibra?
Embora tenha insistido para colocar o canto do Batuque em meus filhotes, até agora em meu criadouro tenho dado ênfase a bicudos repetidores com fibra, sabendo que o aprendizado de canto é um processo que depende de muitos cuidados nesse sentido. Quem quiser formar canto clássico deve ter o mesmo cuidado que os curiozeiros tem para encartar canto. Se tiver um bicudo mestre a tarefa é facilidada, mas é rarissimo poder contar com um de extrema qualidade. A maioria tenta fazer com reprodução sonora via cd o que tornou criação mais democrática. Qualquer criador que tomar os cuidados devidos pode, de repente, conseguir um belíssimo bicudo a um custo baixo. Temos ai vários exemplos que deram certo. Quanto mais cedo colocar o filhote para ouvir a gravação melhor, escolher pássaros que tenham genética de repetição e de famílias que revelam facilidade no aprendizado.

4) Conheço vários pássaros de muita fibra que vêm de criatórios de canto. Tanto em bicudos quanto em curiós. A fibra é uma característica genética cultivada por criadores de canto?
Suponho ser necessária a fibra, mesmo em bicudos de canto, senão poder-se-á obter bicudos frios arredios e que não cantam quando solicitados e que provocam muita frustação aos seus proprietários.

5) Ouvi muitas vezes que pássaros de fibra não aprendem a cantar, pois disputam o tempo inteiro com seus mestres. Isso é verdade? Pode explicar?
Cada pássaro é único e cada processo de aprendizado é um, há bicudos que aprendem a cantar dessa forma. Tive um bicudo de muita fibra, no passado há quarenta anos, que mudou o canto em duas horas de disputa e o novo canto aprendido era da melhor qualidade.

6) Alguns criadores utilizam equipamentos de alta tecnologia para o ensinamento de canto, outros utilizam os mestres. Qual o melhor método?
Como disse, os equipamentos democratizam o processo e é a segurança do crescente interesse de muita gente. Além do que o canto aprendido com gravação tende a ser mais perfeito do que com o mestre, uma vez que todas as gravações são editadas na escolha das melhores cantadas, às vezes com incrementação e destaque para notas mais importantes.

7) Na sua opinião, o aprendizado de canto é sorte, manejo ou aptidão genética? Qual característica genética é mais difícil de se conseguir de forma padronizada?
Um pouco de cada coisa, cada pássaro é um indivíduo diferente de outro. Não há fórmula exata, muitas vezes o que dá certo com um não da com outros. É verdade, porém, que exige cuidados especiais com os filhotes desde o seu nascimento.

Cool Qual característica genética é mais importante em um criatório que visa a excelência em canto de bicudo?
A repetição e a facilidade para aprender (isso é genético), lembrando cantar o dialeto do pai não é transmissível. Um bicudo canto flauta pode gerar um que aprende o goiano clássico e vice-versa...Vem desse fato a segurança que qualquer bicudo pode cantar qualquer dialeto. É essa faculdade do bicudo que mais estimula os criadores.

9) Qual a origem dos padrões de canto cultivados hoje em dia? Estes cantos foram editados com alguma adição ou remoção de notas ou são 100% originais?
O Canto Flauta provém de inúmeras regiões, são tantos que não dá para dizer daonde se originam. O Alta Mogiana vem do Canto Ribeirão Preto e do Uberaba (corridos) e o Canto Goiano Clássico do entorno de Brasília.
No mínino, escolher a melhor cantada já é uma edição. É um assunto polêmico e que gera muitas discussões e que cada um tem um entendimento, o que importa é que cada criador escolhe aquele que mais lhe convier e dentro do padrão que se adeque às suas condições. Não importa se foi editado ou não, mas sim, se aquela seqüência de notas foi adotada oficialmente como padrão.

10) É possível ter outros pássaros junto com a criação de bicudos de canto? existe algum cuidado especial?
É um risco grande. Quem quer excelência não deve misturar outros tipos de pássaros sob o perigo de seu bicudo aprender notas que desfigurará o padrão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andre Bass
Criador experiente
Criador experiente

Masculino
Mensagens : 956
Reputação : 90
Idade : 24
Data de inscrição : 13/09/2012
Localização : Ibitirama

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com Aloísio Tostes - Presidente COBRAP (Para os Bicudeiros)

Mensagem por Davi Hemerly em Sex Dez 14, 2012 6:41 am

Eu já tinha visto essa entrevista, muito boa Andre, abraços.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com Aloísio Tostes - Presidente COBRAP (Para os Bicudeiros)

Mensagem por Bruno Pereira em Sex Dez 14, 2012 9:17 am

Faz um com Diamante Gould ou Calafate ( Sao os proximos alados de que pretendo criar)!


][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Bruno Pereira
Criador nível 3
Criador nível 3

Masculino
Mensagens : 628
Reputação : 71
Idade : 18
Data de inscrição : 11/12/2012
Localização : Mirai MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com Aloísio Tostes - Presidente COBRAP (Para os Bicudeiros)

Mensagem por Diego Henrique em Sex Ago 09, 2013 12:56 pm

Muito bom, palavras de de quem sabe!!
Att Diego Henrique!!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Diego Henrique
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens : 2659
Reputação : 280
Idade : 26
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Brasilia Df

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com Aloísio Tostes - Presidente COBRAP (Para os Bicudeiros)

Mensagem por Gil Vieira em Ter Dez 16, 2014 10:55 am

Tópico antigo e sem movimentação. Encerrado.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Gil Vieira
Ajudeiro
Ajudeiro

Feminino
Quantos pássaros você cria? : 18
Mensagens : 3010
Reputação : 447
Idade : 20
Data de inscrição : 13/04/2014
Localização : Parnaíba/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Entrevista com Aloísio Tostes - Presidente COBRAP (Para os Bicudeiros)

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 4:38 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum