caturrita arranca as penas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

caturrita arranca as penas

Mensagem por kelin maciel em Qui Mar 12, 2015 8:26 am

olá, tenho uma caturrita ou cocota como chamamos aqui no RS, ela está com 4 anos e à mais ou menos um ano e meio começou a arrancar as penas, primeiro começou a morder os dedos,as vezes saia sangue, acho que para chamar a atenção, mas depois foi para as penas e nos ultimos meses está arrancando demais que não dá tempo de nascer novamente, já está sem nada de pena embaixo das asas e quase todo o peito,quando arranca ela chega gritar de dor, me da um dó. já tentei varias coisas como banho com um pouco de sal e vinagre, alimentação, coloquei um uma gaiola bem grande, dei vitagold na agua, coloquei um barbante umideçido com sal e mudei de lugar tambem, onde toda manha coloco no sol, mas nada disso adiantou. descobri que ela é uma femea à uns 6 meses porque ponhou 4 ovos, fiquei com dó e arrumei um ninho e coloquei um ovo de calopsita, ela chocou e descascou só que passou um dia inteiro e não soube alimentar, daí retirei o filhote, não ponhou mais até agora, pensei em comprar um periquito ingles verde e por junto dela, derrepente é compania que ela precisa,se elanão comer ele,porque só gosta de mim, talvez verde da mesma cor dela de certo, quando ela era nova eu tinha uma agapórnis junto e se davam bem até q a agapórnis fugiu, mas era femea tambem, caso eu compre melhor comprar um macho? me ajude,gosto muito dela e quero ve-la bem.

kelin maciel
Criador nível 1
Criador nível 1

Feminino
Quantos pássaros você cria? : 10 alopsitas
Mensagens : 70
Reputação : 3
Idade : 26
Data de inscrição : 22/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: caturrita arranca as penas

Mensagem por Celia Maria Cayres em Qui Mar 12, 2015 3:34 pm

Boa tarde amigos da Nação dos Pássaros !

Kelin,

Já levou a caturrita para ser avaliado por um veterinário ave, pois ele indicará um tratamento com medicação.

O arrancamento de penas é um problema relativamente comum em aves de cativeiro. Pode ser decorrente de causa física, psíquica ou metabólica. Como causa física teríamos a possibilidade de parasitas de pena (alguns ácaros são pequenos e ficam no canhão da pena, precisando de exame microscópico para serem visualizados), endoparasitas (tais como Giardia, que é um protozoário. Um veterinário de aves pode diagnosticar por exame de fezes e tratar preventivamente), alergia por produtos diversos, tais como fumaça de cigarro, mofo de casa, alimento, etc; doenças sistêmicas, tais como doença hepática. A deficiência nutricional é também uma possível causa da síndrome de arrancamento de pena. Portanto, fornecer dieta balanceada.

Como causas metabólicas teríamos o hipotireoidismo. Como fatores psicológicos podemos citar o tédio, medo, falta de segurança, rotina, ansiedade, estresse e outros fatores que desencadeiam esse processo de auto-mutilação. O diagnóstico é difícil, sendo necessário ir eliminando as possibilidades: ecto e endoparasitas: fazer exame laboratorial simples, tais como exame microscópico de penas e exame de fezes. Desverminar e tratar contra Giardia. Alergia: eliminar fatores desencadeadores, tais como fumaça de cigarro, manter a ave em ambiente arejado, etc.

Um veterinário de aves pode dar mais informações. Dieta inadequada: corrigir por alimento balanceado, fornecer também alimento que a ave possa se distrair. Causas psicológicas: variar o ambiente, deixar a ave em local onde haja movimento de pessoas da casa, fornecer brinquedos, galhos de árvores para bicar, enfim, eliminar o tédio e dar segurança a ave. É bem possível, que o fator seja psicológico em sua ave. Alguns exames complementares: hematológico, bioquímico e outros podem ser necessários para se chegar a um diagnóstico. Porém, saiba que o diagnóstico nem sempre é possível. Se nada resolver, pode ser necessário colocar um colar Elizabetano, que impede que a ave arranque suas próprias penas. É leve e a ave logo se acostuma a ele. Não é algo definitivo, mas que pode ajudar. Em alguns casos pode ser necessário o uso de alguma medicação para deixar-lo mais tranquilo.


Sugiro procurar um veterinário especializado em aves e discutir as possibilidades.

Nos mantenha informados !


CÉLIA

Celia Maria Cayres
Vip
Vip

Feminino
Quantos pássaros você cria? : canários do reino
Mensagens : 2985
Reputação : 393
Idade : 51
Data de inscrição : 06/08/2013
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum