O Diamante Gould. Possíveis cruzamento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Diamante Gould. Possíveis cruzamento

Mensagem por Anderson Luis Narloch em Qua Nov 12, 2014 1:09 pm

O Diamante de Gould



O diamante de gould foi descoberto em 1833, perto da baía de Raffles, na Austrália.

Em 1838 o zoológico inglês, John Gould, decidira realizar uma expedição ornitológica na zona Oeste do continente australiano, onde concretizou um estudo aprofundado em relação ao diamante de gould.

O 1.º nome desta ave corresponde às semelhanças que existem com as outras espécies (diamante estrela, diamante mascarado, diamante bavete, diamante modesto, diamante papagaio…), o 2.º nome, Gould, é atribuído à primeira pessoa que procedera à sua descrição, que foi John Gould.



Ficha Biológica

Longevidade – 6 a 8 anos em cativeiro;

Tamanho – cerca de 16 cm para o macho, 14 cm para a fêmea;

Peso – 18 a 20 gramas;

Regime alimentar – trata-se de uma ave essencialmente granívora;

Tipo de ninho – em forma de um paralelepípedo;

Maturidade sexual – meio ano para os machos, aconselho um ano para as fêmeas;

Postura – 4 a 8 ovos;

Ovos – brancos (+ ou – 18mm x 14mm)

Incubação – 14 dias; as crias poderão nascer 1 dia ou 2 mais tarde, pois depende das condições climáticas e da assiduidade dos progenitores.



Genética em relação à cabeça do diamante de gould

Cabeça vermelha – ligado ao sexo dominante

Cabeça preta – ligado ao sexo recessivo

Cabeça laranja – recessivo livre



Um macho diamante gould cabeça vermelha poderá ser:

Cabeça vermelha “puro”

Cabeça vermelha, portador de cabeça laranja

Cabeça vermelha, portador de cabeça preta

Cabeça vermelha, portador de cabeça preta e de cabeça laranja

Uma fêmea diamante gould cabeça vermelha poderá ser:

Cabeça vermelha “pura”

Cabeça vermelha, portador de cabeça laranja

Nota: Não existe nenhuma fêmea cabeça vermelha, portadora de cabeça preta.

Um macho diamante gould cabeça preta poderá ser:

Cabeça preta “puro”

Cabeça preta, portador de cabeça laranja

Uma fêmea diamante gould cabeça preta poderá ser:

Cabeça preta “pura”

Cabeça preta, portador de cabeça laranja

Um macho diamante gould cabeça laranja poderá ser:

Cabeça laranja “puro”

Cabeça laranja, portador de cabeça preta

Uma fêmea diamante gould cabeça laranja apenas poderá ser:

Cabeça laranja “pura”

Nota: Não existe nenhuma fêmea cabeça laranja, portadora de cabeça vermelha e/ou preta

O Bico do Diamante de Gould

A cor do bico do diamante de gould também deve ser levado em conta, uma vez que poderá alterar/influenciar o gene das crias.

Então vejamos a sua influência a partir de alguns exemplos:

Macho cabeça laranja portador de cabeça preta x Fêmea cabeça preta

25% Machos de cabeça vermelha, portadores de cabeça preta e laranja

25% Machos de cabeça preta, portadores de cabeça laranja

25% Fêmeas de cabeça vermelha, portadoras de cabeça laranja

25% Fêmeas de cabeça preta, portadoras de cabeça laranja

(M) cabeça laranja portador de cabeça preta x (F) cabeça preta (Bico laranja)

25% Machos de cabeça laranja, portadores de cabeça preta

25% Machos de cabeça preta bico laranja

25% Fêmeas de cabeça laranja

25% Fêmeas de cabeça preta bico laranja

Macho cabeça laranja x Fêmea cabeça preta

50% Machos de cabeça vermelha, portadores de cabeça preta e laranja

50% Fêmeas de cabeça vermelha, portadoras de cabeça laranja

(M) cabeça laranja x (F) cabeça preta (Bico laranja)

50% Machos de cabeça laranja, portadores de cabeça preta

50% Fêmeas de cabeça laranja

(M) cabeça preta portador de cabeça laranja x (F) cabeça preta

25% Machos de cabeça preta, portadores de cabeça laranja

25% Machos de cabeça preta

25% Fêmeas de cabeça preta, portadoras de cabeça laranja

25% Fêmeas de cabeça preta

(M) cabeça preta x (F) cabeça preta (Bico laranja)

50% Machos de cabeça preta, portadores de cabeça laranja

50% Fêmeas de cabeça preta, portadoras de cabeça laranja

Nota: Para se obterem aves de cabeça laranja muito clara deve-se juntar um macho de cabeça preta bico laranja com uma fêmea cabeça laranja (bem definida) ou macho de cabeça laranja com uma fêmea de cabeça preta bico laranja.



MUTAÇÕES

MUTAÇÃO RECESSIVA LIVRE:

Azul

Cinamon (diminuição da eumelanina, cerca de 75%, o dorso e as asas apresentam um amarelo mostarda e a cor do pescoço e do filete é cinzento)

Peitos branco, lilás, "rosa” e “azul”



Exemplos de possíveis cruzamentos desta mutação (irei utilizar a mutação peito branco, mas poderia ser uma outra acima registada, pois os resultados seriam similares).



1 – peito branco x ave normal

100% aves portadoras de peito branco

2 – peito branco x portador de peito branco

50% de portadores

50% de peitos brancos

3 – portador de peito branco x portador de peito branco

50% aves portadoras (em princípio não se consegue distinguir nas aves clássicas)

25% peitos brancos

25% aves normais

4 – Portador de peito branco x ave normal

50% aves portadoras (em princípio não se consegue distinguir nas aves clássicas)

50% aves normais



MUTAÇÃO CODOMINANTE LIGADO AO SEXO:

Amarela

Exemplos de possíveis cruzamentos desta mutação.

1 – Macho amarelo (mutante) x Fêmea amarela (mutante)

50% Machos amarelos

50% Fêmeas amarelas

2 – Macho amarelo (mutante) x Fêmea normal

50% Machos portadores de amarelos

50% Fêmeas amarelas

3 – macho portador de amarelo x Fêmea amarela

25% Machos amarelos

25% Machos portadores de amarelos

25% Fêmeas amarelas

25% Fêmeas normais

4 – macho portador de amarelo x Fêmea normal

25% Machos portadores de amarelos

25% Machos normais

25% Fêmeas amarelas

25% Fêmeas normais

5 – Macho normal x Fêmea amarela (mutante)

50% Machos portadores de amarelos

50% Fêmeas normais

Principais defeitos existentes em aves de concurso que são penalizadas

Em relação à forma:

Tamanho inferior ao standard;

Cabeça achatada;

Cabeça encolhida “metida nos ombros”;

Cabeça pequena em relação ao corpo;

Má forma do abdómen;

Imperfeições no peito;

Asas cruzadas;

Asas descaídas;

Má posição das patas;

Cabeça inclinada para trás.

Em relação à cor:

Má delimitação das cores na garganta e peito;

Lista negra, junto à cabeça, pouco espessa, irregular ou mesmo interrompida nas aves de cabeças vermelha e laranja;

Penas pretas nas cabeças de aves de cabeça vermelha e laranja;

Reflexos cinzentos nas cabeças de aves de cabeça preta;

Traços negros/brancos no peito;

Rémiges acastanhadas.

Em relação à condição:

Ausência de luminosidade;

Bico escamado;

Bico muito comprido;

Mandíbulas imperfeitas;

Ausência de rémiges ou retrizes;

Filetes com tamanhos diferentes, ondulados, cruzados ou inexistentes;

Ave suja;

Ave ainda com vestígios de muda;

Patas escamadas;

Unhas muito compridas ou com ausência de alguma delas;

Ausência de dedos.

Anderson Luis Narloch
Criador nível 1
Criador nível 1

Masculino
Mensagens : 56
Reputação : 1
Idade : 28
Data de inscrição : 13/03/2014
Localização : Jaraguá do Sul Santa Catarina

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Diamante Gould. Possíveis cruzamento

Mensagem por ErickTierling em Dom Dez 14, 2014 7:46 am

Tópico encerrado por tempo excessivo sem comentários. Poderá ser reaberto mediante solicitação do autor à Staff


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

ErickTierling
Criador ativo
Criador ativo

Masculino
Quantos pássaros você cria? : 93
Mensagens : 7524
Reputação : 357
Idade : 27
Data de inscrição : 09/12/2013
Localização : Tremembé-SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum