Canária não choca a noite

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Canária não choca a noite

Mensagem por Ronaldeduardo em Seg Out 06, 2014 6:02 am

Olá pessoal, eu tenho um casal de canários T. , e esse ano fizeram a primeira postura juntos.
A fêmea e o macho fizeram ninho e ela botou 4 ovos, normalmente como deve ser, mas quando botou o ultimo e começou a chocar percebi que ela não fica no ninho a noite, só de dia.
Já faz dois dias que botou o 4° ovo mas não quer chocar a noite, o que pode ser?

Ronaldeduardo
Criador nível 2
Criador nível 2

Masculino
Sub-Nick : Dudu
Quantos pássaros você cria? : 20
Mensagens : 472
Reputação : 23
Idade : 24
Data de inscrição : 24/08/2013
Localização : Curitiba-PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Canária não choca a noite

Mensagem por Celia Maria Cayres em Sex Out 24, 2014 5:37 pm

Boa noite amigos da Nação dos Pássaros !

Ronalde,

É a primeira postura do casal de canários da terra, pode não dar certo por falta de experiência.

A fêmea põe mas não choca, tem alguns detalhes que precisam ser acompanhados.

Esta perturbação pode ter várias causas:
 
1) O desenvolvimento é desfavorável: há muito barulho ou a fêmea está inquieta. Pode ser suficiente mudar o lugar do ninho ou aquele da gaiola: a primeira ninhada estará perdida, mas uma segunda será levada a termo. 

2) A fêmea não choca porque os ovos estão claros, e isto porque ela não foi coberta pelo macho. É necessário tirar os ovos e aguardar uma segunda postura. 

3) Se a fêmea não choca, é preciso mudar o macho. O melhor macho é aquele que não somente cobre frequentemente a fêmea, mas também que a ajuda a ir para o ninho. Alguns machos chocam tanto e mesmo mais que a fêmea, mas o mais frequente e necessário é que a fêmea comece a chocar.

4) Numa única galada, desde que o macho teve espaço para que atingisse a cloaca da fêmea, é o suficiente para serem fecundados todos os ovos associados a aquela postura (pôr isto é importante verificar se no momento da gala, eles estavam num poleiro com espaço para o macho posicionar-se adequadamente).

A ornitologia já comprovou que um fator importante para estimular a sexualidade da fêmea é o canto do macho, e, sabemos que o macho canta mais quando está sozinho na gaiola. Pôr outro lado, quando o casal está junto, é comum o macho interferir no comportamento da fêmea, impedindo que ela permaneça o tempo de que ela precisa no ninho, fazendo com que ela bote fora do ninho, abandone os ovos que estava chocando, ou até mesmo, que impeça de que ela trate dos filhotes.

Concluído a gala, não considero adequado, deixar o macho mais tempo visitando a gaiola da fêmea, até porque, ele terá uma tendência natural de ir até o ninho, tentando interferir no que a fêmea já concluiu. Lembre-se, uma única galada é o suficiente para definir toda a postura.

Depois que nascerem os filhotes, verifique se a fêmea trata dos filhotes sozinha ou precisará da presença do macho para ajudada-la. 

Para o macho, não é adequado, que ele faça mais do que três galas pôr dia. Se vai ser imediatamente, uma após a outra, dependerá das condições físicas, que ele se encontra naquele dia, associado ao fato, de ser um pássaro mais novo (maior vigor físico) ou mais velho.

5) Verifique o local em que a gaiola fica, não deve ter movimentação e nem barulho, também a fêmea não deve ver outras fêmeas e machos, que possam atrair a atenção fazendo com que ela fique fora do ninho.

6) Verifique se há no ninho focos de piolhos, isso também faz com que a fêmea abandone o ninho.

Espero ter ajudado !


CÉLIA

Celia Maria Cayres
Vip
Vip

Feminino
Quantos pássaros você cria? : canários do reino
Mensagens : 2985
Reputação : 393
Idade : 51
Data de inscrição : 06/08/2013
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum