Encontrei no chão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Encontrei no chão

Mensagem por Marta Karem em Dom Nov 25, 2012 6:57 am

Olá, encontrei este passarinho no chão. Ele não quer ou não sabe voar. Tem um monte de bichinhos bem pequeninos nele...parecem do tamanho da ponta da agulha. Quero cuidar dele. O que dou para ele comer e beber. Eu o coloquei numa caixinha aberta emcima, e uma pequena toalha para mante-lo protegido. Estou tentando baixar sua foto. Ele é marrom com o peito e os lados do bico amarelo. Já tem penas e cabe na palma de minha mão. Obrigada desde já pela atenção.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Marta Karem

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Caído no chão

Mensagem por Marta Karem em Dom Nov 25, 2012 7:44 am

Aqui esta a foto dele. Será que ele tem alguma doença, já que esta com muitos bichinhos bem pequeninos pretinhos do tamanho da ponta de uma agulha? Ele não quer comer o fuba nem banana. :( EU abro o biquinho dele e ponho um pouco pra dentro. Ele engole mas nunca pede mais. Obrigada!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Davi Hemerly em Dom Nov 25, 2012 8:44 am

Olá autora.

Esses pontinhos preto ficam na pele ou nas penas?
Tópico movido para Diversas espécies, silvestres.
Cordialmente.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Marta Karem em Dom Nov 25, 2012 10:39 am

Obrigada por ter respondido tão rapidamente! Esses bichinhos ficam pela pele, e na toalhinha onde ele fica. Eu limpo o tempo todo. Devo? Voce acha que ele ainda não sabe voar? Ele só bate as asinhas e cai. Minha maior preocupação é q ele não quer comer nem beber agua. :(

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Davi Hemerly em Dom Nov 25, 2012 11:02 am

Olá autora.

Você deve aplicar um remédio chamado allax, pingue duas gotas na nuca.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Repare que ele passa um pouco de água para abrir as penas e ter melhor acesso na pele.
Depois é só pingar o remédio, como mostra no vídeo.

Se possível, troque ele de local, troque a toalha, ou faça uma limpeza total no ambiente, Etc.

O principio do ativo Allax é a ivermectina, a ivermectina irá penetrar por osmose na corrente sanguínea do pássaro, os parasitas sofrerão paralisia do seu sistema neurológico. Esta paralisia os impede de continuar sugando o plasma e morrerão por inanição. A ivermectina ficará por 30 dias na corrente sanguínea do seu filhote.

Quanto a ele não comer, faça uma papinha de fuba até você puder comprar a papinha industrializada.
Pode oferecer banana amassada também.
A papinha industrializada está a venda em casas de ração.

Você irá alimenta-lo com ajuda de uma seringa ou uma colher pequena, se ele não quiser abrir o bico, pede o auxilio de outra pessoa.

Se alguém tiver outro tratamento para acabar com ''piolhos'' pretos, não exite em postar.

Se você estiver com mais dúvidas, não exite em posta-las.
Cordialmente.


Última edição por Davi Hemerly em Dom Nov 25, 2012 11:40 am, editado 2 vez(es)


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Marta Karem em Dom Nov 25, 2012 11:16 am

Que ótimo! Já estou de saida para comprar o remedio e a papinha dele.
Eu consegui com que ele comesse um pouco de banana do jeito que vc ensinou! Estou mais aliviada! Este meu novo marrudinho é um charme! Obrigada pelas dicas!!

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Davi Hemerly em Dom Nov 25, 2012 11:24 am

Autora.

Boa sorte com seu filhote, o Allax está a venda em casas de ração também.
Os filhotes não tomam muita água. Ele ainda não sabe voar, mas tome cuidado.
Cordialmente.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por carlos campos em Dom Nov 25, 2012 3:23 pm

espero que ele fique bem


meu tie sangue o ''vampiro''

carlos campos
Vip
Vip

Masculino
Sub-Nick : cc40
Mensagens : 510
Reputação : 30
Idade : 18
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Bruno Buzinaro em Dom Nov 25, 2012 3:54 pm

Ministre o remedio que o DAvi falou o ALLAX,é muito bom já usei e recomendo


Só dê ouvidos a quem te ama. Não te preocupes tanto com o que acham de ti. O que te salva não é o que os outros andam achando, mas é o que Deus sabe a teu respeito.
Padre Fábio de Mello.

Bruno Buzinaro
Criador ativo
Criador ativo

Masculino
Mensagens : 2224
Reputação : 211
Idade : 21
Data de inscrição : 28/09/2012
Localização : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Encontrei no chão

Mensagem por Marta Karem em Seg Nov 26, 2012 6:31 am

Davi Hemerly escreveu:Autora.

Boa sorte com seu filhote, o Allax está a venda em casas de ração também.
Os filhotes não tomam muita água. Ele ainda não sabe voar, mas tome cuidado.
Cordialmente.

Ele aceitou muito bem a papinha e o remedio paa os piolhinhos já fez efeito! Agora enentdi que ele come de pouco em pouco com intervalos de uns 5minutos entre um e outro.
Origada e tenha uma otima semana!

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Marta Karem em Seg Nov 26, 2012 6:35 am

carlos campos escreveu:espero que ele fique bem

Origada espero poder fazer tudo direito para que ele possa voltar pra natureza! Só não sei quando ele vai tomar coragem para voar! Smile
Moro quase no meio do mato e acho que ele vai gostar daqui!
Tenha uma otima semana!

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Davi Hemerly em Seg Nov 26, 2012 7:04 am

Olá Marta.

Fique muito feliz que o seu alado esteja se recuperando, a papinha industrializada é ótima, ela tem todos os nutrientes que um filhote precisa pra crescer forte Smile

Eu já alimentei um filhote de pardal, eu o alimentava de duas em duas horas.
O piolhos estão saindo ou já saíram?
Cordialmente.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Marta Karem em Seg Nov 26, 2012 7:54 am

Olá Davi! Os piolhos já sairam! Obrigada pela dica da alimentação. Ele come de pouco em pouco mas não tinha certeza dos tempo do intervalo. Vou tentando!
Voce por acaso sabe quanto tempo leva para eles começarem a voar?
Obrigada,






Davi Hemerly escreveu:Olá Marta.

Fique muito feliz que o seu alado esteja se recuperando, a papinha industrializada é ótima, ela tem todos os nutrientes que um filhote precisa pra crescer forte Smile

Eu já alimentei um filhote de pardal, eu o alimentava de duas em duas horas.
O piolhos estão saindo ou já saíram?
Cordialmente.

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Diego Henrique em Seg Nov 26, 2012 7:58 am

Marta, parabens pela sua atitude, exemplo a ser seguido, essa ave a muito grata a você, Que Deus te abençõe.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Diego Henrique
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens : 2659
Reputação : 280
Idade : 26
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Brasilia Df

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Marta Karem em Seg Nov 26, 2012 8:00 am

Obrigada Diego! Esta realmente sendo um desafio para mim. Mas estou feliz por estar ajudando este ser tão pequenino no começo de sua vida!
Amen!

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Davi Hemerly em Seg Nov 26, 2012 10:48 am

Marta Karem escreveu:Olá Davi! Os piolhos já sairam! Obrigada pela dica da alimentação. Ele come de pouco em pouco mas não tinha certeza dos tempo do intervalo. Vou tentando!
Voce por acaso sabe quanto tempo leva para eles começarem a voar?
Obrigada,

Davi Hemerly escreveu:Olá Marta.

Fique muito feliz que o seu alado esteja se recuperando, a papinha industrializada é ótima, ela tem todos os nutrientes que um filhote precisa pra crescer forte Smile

Eu já alimentei um filhote de pardal, eu o alimentava de duas em duas horas.
O piolhos estão saindo ou já saíram?
Cordialmente.

Não sei o tempo certo, mas você deve mante-lo até ele começar a se alimentar sozinho.
Coloque-o dentro de uma gaiola, coloque potinhos com alpiste e um bebedouro de água.
Durante a alimentação a mão, forneça gotas de água.
Cordialmente.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Marta Karem em Seg Nov 26, 2012 10:50 am

Obrigada , vou fazer isso mesmo!

Marta Karem
Criador novato
Criador novato

Feminino
Mensagens : 9
Reputação : 1
Idade : 50
Data de inscrição : 25/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por CRIADOURO TORRES em Seg Nov 26, 2012 2:44 pm

Marta e uma especie que pela foto parece um Bem te vi,certamente ele foi expulso do ninho por ser menor ou seja seleção natural das aves e a outra hipótese que e pouco provável e por causa dos insetos nele(mas isso estaria toda ninhada).

Nome científico: Pitangus sulphuratus
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Subordem: Tyranni
Família: Tyrannidae
Subfamília: Tyranninae
Distribuição: América do Sul, América Central e América do Norte.
Habitat: Campos e cidades
Nome comum: Bem-te-vi

O bem-te-vi se adptou aos grandes centros urbanos mas não se desenvolve tão bem como o pardal , é chamado grande-kiskadi em Portugal é uma ave passeriforme da família dos tiranídeos de nome científico Pitangus sulphuratus, que provêm de pitanga guassu, ou seja, pitanga grande, forma pela qual os índios brasileiros tupi-guarani o chamavam; e do latim sulphuratus, pela cor amarela como enxofre no ventre da ave. A espécie é ainda conhecida pelos índios como pituã, pitaguá ou puintaguá. Outras acepções existentes são triste-vida, bentevi, bem-te-vi-verdadeiro, bem-te-vi-de-coria, tiuí, teuí, tic-tiui e siririca (somente para fêmeas). A versão portuguesa da palavra se assemelha com a anglófona: great kiskadee. Na Argentina é conhecido como bichofeo, vinteveo e benteveo; na Bolívia como frío; e de qu'est -ce na Guiana Francesa.

Os únicos representantes do género Pitangus eram o bem-te-vi e a espécie Pitangus lictor, porém atualmente só uma espécie enquadra-se neste género, o próprio bem-te-vi. A espécie Pitangus lictor agora é sinonímia da atual Philohydor lictor, o bem-te-vizinho.
A escrita bentevi não é reconhecida pelo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa.
Medindo cerca de 23,5 cm, caracteriza-se principalmente pela coloração amarela viva no ventre e uma listra branca no alto da cabeça, além do canto que nomeia o animal. Considerado um dos pássaros mais populares do Brasil, é um dos primeiros a vocalizarem ao amanhecer.
Morfologia
Constitui em uma ave de médio porte, medindo entre de 22 e 25 cm de comprimento para aproximadamente 60 gramas. Tem uma coloração parda no dorso; amarela viva na barriga; uma listra (sobrancelha) branca no alto da cabeça, acima dos olhos; cauda preta. O bico é preto, achatado, longo, resistente e um pouco encurvado. A garganta (zona logo abaixo do bico) é de cor branca.
Onde é encontrado
É uma ave típica da América Latina, com uma distribuição geográfica que se estende predominantemente do sul do México à Argentina, em uma área estimada em 16.000.000 km².
Entretanto, pode também ser encontrada no sul do Texas e na ilha de Trinidad. Foi introduzida nas Bermudas em 1957, importadas de Trinidad,e na década de 1970 em Tobago. Nas Bermudas, são a terceira espécie de ave mais comum, podendo atingir densidades populacionais de 8 a 10 pares por hectare.
É um habitante bem conhecido em todas as regiões brasileiras, podendo ser encontrado em cidades, matas e ambientes aquáticos como lagoas e rios. Pode-se vê-lo facilmente cantando em fios de telefone, em telhados ou banhando-se nos tanques ou chafarizes das praças públicas. Como podemos ver, possui grande capacidade de adaptação.
É uma das aves mais populares no Brasil. Anda geralmente sozinho, mas pode ser visto em grupos de três ou quatro que se reúnem habitualmente em antenas de televisão.

Lista de países e locais onde pode ser encontrado
Argentina
Belize
Bermudas
Bolívia
Brasil
Chile
Colômbia
Costa Rica
Equador
Estados Unidos
El Salvador
Geórgia do Sul
Guiana Francesa
Guatemala
Guiana
Honduras
Ilhas Malvinas
México
Nicarágua
Panamá
Paraguai
Peru
Suriname
Trinidad e Tobago
Uruguai
Venezuela
Para uma melhor visualização da sua área de distribuição poderá consultar este mapa (nota: ocorrência/ausência por país/região e não área de distribuição concreta).
A ave não ocorre nem na costa ocidental da América do Sul nem no extremo sul (exemplo: Terra do Fogo).
Canto
Um filhote começando a amarelar. O seu canto trissilábico característico enuncia as sílabas BEM-te-VI, que dão o nome à espécie. Portanto, seu nome popular possui origem onomatopéica. Seu canto pode ser também dissilábico, emitindo um BI-HÍA ou ainda monossilábico, quando escutamos um TCHÍA.
Os cantos têm sonoridades diferentes consoante o local. É uma das razões de serem utilizados vários nomes comuns para esta espécie.
Utilizar motor de busca para localizar ficheiros de som com o canto do bem-te-vi aqui.
Reprodução
Bem-te-vi enfrentando um gavião.Constrói o ninho com capim e pequenas ramas de vegetais em galhos de árvores geralmente bem cerradas. Pode inclusive utilizar para construir o seu ninho, sobretudo em zonas urbanas, material de origem humana: papel, plástico e fios. Seu ninho tem uma forma de esfera com a entrada na parte superior, medindo cerca de 25 cm de diâmetro, geralmente é construído no topo de árvores altas, na forquilha de um galho, mas é muito comum também vê-lo nas cavidades dos geradores de postes, podendo ficar entre 3 e 12 m do solo. Põe cerca de quatro ovos brancos e alongados. Eles são brancos logo após a postura, mas após um tempo passam a ficar amarelados. Os ovos medem 31 x 21 milímetros e são incubados pelo casal. Não há dimorfismo sexual entre a espécie.
São aves monogâmicas e quando da nidificação o território circundante ao ninho é defendido vigorosamente, podendo vir a ser agressivo com outros pássaros e até mesmo outros animais ao se sentir ameaçado. Por esta razão que faz parte da família dos tiranídeos (de tirano). É comum vê-los dando rasantes em aves de rapina (principalmente gaviões) que entram no seu território.
Alimentação
Um bem-te-vi tomando água.Possui uma variada alimentação. É insetívoro, podendo devorar centenas de insetos diariamente. Mas também come frutas (como bananas, mamões, maçãs, laranjas, pitangas e muitas outras), ovos de outros passarinhos, flores de jardins, minhocas, cobras, pequenas cobras, lagartos, crustáceos, além de peixes e girinos de rios e lagos de pouca profundidade. Costuma comer parasitas (carrapatos) de bovinos e eqüinos. Atrapalha a apicultura por ser predador de abelhas. Apesar de ser mais comum vê-lo capturar insetos pousados em ramos, também é comum atacá-los durante o vôo. Atacam também ninhos de outras aves, como a cambacica.
Em suma, é uma ave que está sempre descobrindo novas formas de alimento. Devido ao seu regime alimentar generalista, por vezes poderá ajudar a controlar pragas de insectos, como por exemplo, sabe-se que esta ave se alimenta de répteis do género Anolis. Estes répteis, por sua vez, alimentam-se de escaravelhos predadores de insectos. A ave, ao fazer diminuir o número de répteis, fará com que sobrevivam mais escaravelhos, que aumentando o seu número, poderão controlar (diminuir) o número das suas presas (neste caso, insectos, que poderão em certas circunstâncias serem consideradas pragas, prejudicando as actividades humanas).
Ecologia
Tem um importante papel na dispersão de sementes. Em áreas de cerrado do estado de São Paulo, é uma das aves mais importante na dispersão de sementes da espécie Ocotea pulchella Mart.
Em certas regiões poderá ser migratória.
Segundo a Lista Vermelha de Espécies ameaçadas da IUCN, esta ave tem um estado de conservação de Segura ou pouco preocupante (Least Concern). A população mundial está estimada em 5.000.000 a 50.000.000 indivíduos (Rich et al. 2003).
Subespécies
Segundo a Avibase - The World Bird Database as subespécies são:
Pitangus sulphuratus argentinus
Pitangus sulphuratus bolivianus
Pitangus sulphuratus caucensis
Pitangus sulphuratus derbianus
Pitangus sulphuratus guatimalensis
Pitangus sulphuratus maximiliani
Pitangus sulphuratus rufipennis
Pitangus sulphuratus sulphuratus
Pitangus sulphuratus texanus
Pitangus sulphuratus trinitatis

CRIADOURO TORRES
Criador novato
Criador novato

Masculino
Mensagens : 39
Reputação : 10
Data de inscrição : 08/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Encontrei no chão

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:21 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum