Mitos e Verdades na Canaricultura

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mitos e Verdades na Canaricultura

Mensagem por andrews passarinheiro em Seg Dez 16, 2013 8:32 pm

Não posso pegar os ovos das canárias com as mãos, sob pena de gorá-los!
Mito. Podemos pegá-los com as mãos sem problema algum, observá-los contra uma fonte de luz para verificar a fecundação do mesmo e o desenvolvimento embrionário, trocá-Io por um indez ou sempre que necessário.

- Devemos colocar o casal para namorar antes de acasalar, sob pena de a fêmea não acei­tar o macho!
Mito. A maioria dos criadores, escolhem as fêmeas, colocam nas respectivas gaiolas e logo em se­guida colocam os machos, sem problema nenhum.

- Tenho uma fêmea que bo­tou vários ovos, mas todos esta­vam brancos, vou descartá-Ia porque não presta!
Mito. O papel da fêmea é botar os ovos, chocá-Ios e criar os filhotes. Se os ovos não estão fecundados é porque, na maioria das vezes o macho não a esta fecun­dando, portanto é problema do macho. Muitas vezes pode ocorre que a fêmea não aceita seu par­ceiro, aí é outro problema e não reprodutivo. Em ambas situações, trocar o macho é ótima solução.

- Tenho várias fêmeas que não tratam dos filhotes, um veterinário me disse que elas ou os filhotes podem estar doentes, por isso ela não trata!
Verdade. A maioria das fême­as tratam de seus filhotes normalmente, não o fazem por esta­rem doentes, em ambiente inade­quado, mal alimentadas, ou o mais comumente observado, por doença da ninhada ou de um só indivíduo. É muito comum o cri­ador colocar em uma ama "boa tratadeira" o filhote rejeitado e a mesma seguir tratando dos seus e ignorar completamente o novo.

- Ao anilhar o filhote acho que o machuquei, pois ao sair do ninho estava com o dedo de trás do pé do anel para frente!
Mito. Você não o machucou, isso acontece com freqüência também com o dedo do pé sem anel. Infelizmente, é uma mal formação do dedo que fica voltado para frente. Colocá-Io para trás preso com esparadrapo por trinta dias é uma boa alternativa

- Fornecer areia própria para os pássaros é importante para o auxílio da digestão com conseqüente melhora na absorção de nutrientes, assim como melho­ra da qualidade da plumagem. Areia adicionada de aditivos minerais e vitamínicos, como os”grits" é melhor ainda!
Verdade.

- Não consigo ser premiado no concurso de Vermelhos Lipocrômicos, acho que preciso dar mais Cataxantina!
Mito. Existe uma quantidade ideal de cataxantina necessária para pigmentação das penas dos canários (algo em torno de 5 grs/ kg de farinha da, administrada diariamente),acima dessa concen­tração o organismo não é capaz de absorver o produto e elimina nas fezes. Portanto, devemos sim observar que a qualidade genéti­ca de nossas aves é que irá deter­minar uma boa absorção da cataxantina e conseqüente pigmenta­ção das penas de vermelho. So­mente a seleção dentro do planteI de pássaros mais vermelhos e aquisição de canários de boa qualidade nos permitiria resultados em concurso satisfatórios.


- Me disseram que oferecer verdura atrapalha a coloração dos vermelhos!
Verdade. Os pigmentos con­tidos nas verduras, concorrem com a boa absorção da cataxanti­na, levando a uma má pigmen­tação dos canários vermelhos.

- Me disseram que sol des­bota os vermelhos, é verdade?
Verdade. Canários vermelhos não devem ser colocados no sol ao até mesmo próximo do mesmo.

- Utilizo em minha criação três farinhadas, acho que com isso garanto uma boa alimenta­ção para os canários!
Mito. Cada farinhada tem sua composição, mantendo um equilíbrio adequado dos nutrientes para uma correta alimentação das aves, misturá-Ias seria desequili­brar todas, e perder em qualida­de. O ideal é escolher uma e administrá-Ia, sem interrupções ou alterações.

- Coloco sempre complexos vitamínicos e aminoácidos na água de meus canários, é muito importante suplementá-Ios!
Mito. Vitaminas, aminoácidos, são sempre encontrados nas boas farinhadas, portanto quem a oferece diariamente às aves, já ofe­rece esses nutrientes. A prescri­ção desses aditivos deve ser feita por veterinários e quando neces­sária. O uso abusivo pode levar à problemas.

- Li em uma revista antiga que não devemos cruzar dos canários intensos sob pena de morrerem os filhotes!
Mito. Hoje em dia, esse tipo de cruzamento é feito normalmen­te pelos criadores. Recomenda-se apenas um pouco mais de expe­riência no acasalamento, os pás­saros criados apresentarão penas mais duras e poderão ter pluma­gem defeituosa ou aparecimento indesejável de "schimmel".

- O uso de antibióticos a base de Sulfas, pode causas esterilidade momentânea nos machos. Por isso não se recomenda usá­los próximo à época de criação.
Verdade

- Não podemos cruzar caná­rios de fator com sem fator vermelho!
Mito. Ao desejar passar a qua­lidade genética, por exemplo, estrias mais largas de um pássaro com fator vermelho para um sem fator, o cruzamento gerará FI alaranjado, mas com os cruza­mentos seguintes com pássaros vermelhos obteremos proles vermelhas e com a característica ge­nética desejada. É lógico, que há a necessidade de experiência e maior numero de casais para esse melhoramento.

- Ofereço sempre, aos meus canários, vitamina E próximo á época de reprodução, para aumentar a fertilidade!
Mito. A vitamina E desempe­nha um bom papel na redução de radicais livres, mas não foi provado que sua administração em doses maiores leva ao aumen­to de fertilidade.

- Vacino todo ano meu plan­teI, contra Bouba Aviária com vacina de galinha! Desde o ini­cio da vacinação não tenho mais problemas!
Mito. Mera coincidência, a va­cina de bouba de galinha, não protege canários, já que o vírus é especifico para a espécie. No Bra­sil não temos vacinas para caná­rios liberadas para uso pelo mi­nistério da agricultura.

- Meu amigo tem alguns canários que estavam com o pé inflamado, vermelho, sem pisar adequadamente no poleiro. Ele passou uma pomada e colocou na água um antibiótico e todos melhoraram. Aconteceu o mes mo comigo, mas meus canários não melhoraram!
Verdade. Muitos dos proble­mas que temos com nossas aves, às vezes apresentam os mesmos sintomas, mas o tratamento não pode ser o mesmo do colega. Isso devido, a variedade de agentes infecciosos que causam -os mes­mos sintomas. Devemos sempre ter auxilio de um profissional da área e sempre que possível sub­meter material para exames laboratoriais, afim de, certificarmos o agente correto.

- O Fulano nunca desinfeta os poleiros e não tem proble­mas. Eu faço sempre e tenho sempre canários com os pés ru­ins!
Mito. O fulano provavelmen­te leva poucos canários para exposições ou concursos, não adquire novos exemplares, portan­to tem menos chance de trazer para seu criatório bactérias, fungos e outros agentes. Você leva muitos canários a vários tornei­os por ano, compra sempre no­vos exemplares de vários colegas, portanto, traz com freqüência, novos agentes infecciosos para o planteI. Desinfecção de poleiros, utensílios, grades e vasilhames, é sempre necessária, usando desinfetantes corretos, na dose, tem­po e freqüência certa.

fonte :[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



andrews passarinheiro
Criador nível 1
Criador nível 1

Masculino
Mensagens : 108
Reputação : 10
Idade : 20
Data de inscrição : 13/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos e Verdades na Canaricultura

Mensagem por Davi Hemerly em Ter Dez 17, 2013 7:23 am

Parabéns pela postagem, amigo.

Movido para: Artigos


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dicas Importantes:
- Clique no botão [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]para escolher a melhor Resposta.
- Respeite as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e conheça as [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Como abir um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- Curta a nossa página no Facebook
- Não peça suporte por MP

Davi Hemerly
Administrador
Administrador

Masculino
Sub-Nick : K2
Quantos pássaros você cria? : 2
Mensagens : 9779
Reputação : 868
Idade : 24
Data de inscrição : 04/09/2012
Localização : Vitória ES

Ver perfil do usuário http://www.nacaodospassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos e Verdades na Canaricultura

Mensagem por Wellington Aparecido em Ter Dez 17, 2013 7:40 am

lendo esse artigo ja me tirou muitas duvidas parabéns pelo artigo


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Wellington Aparecido
Criador nível 3
Criador nível 3

Masculino
Quantos pássaros você cria? : 36
Mensagens : 667
Reputação : 62
Idade : 20
Data de inscrição : 29/12/2012
Localização : cambara PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos e Verdades na Canaricultura

Mensagem por andrews passarinheiro em Ter Dez 17, 2013 1:12 pm

Obrigado

andrews passarinheiro
Criador nível 1
Criador nível 1

Masculino
Mensagens : 108
Reputação : 10
Idade : 20
Data de inscrição : 13/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos e Verdades na Canaricultura

Mensagem por Julia em Qui Jan 02, 2014 1:20 pm

Excelente artigo Andrews, me foi muito útil agora.


''Quando o mundo estiver unido na busca do conhecimento, e não mais lutando por
dinheiro e poder, então nossa sociedade poderá enfim evoluir a um novo nível.''

Julia
Vip
Vip

Feminino
Sub-Nick : RobotXP
Quantos pássaros você cria? : 3
Mensagens : 1984
Reputação : 238
Idade : 23
Data de inscrição : 29/12/2013
Localização : Brasilia-DF

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos e Verdades na Canaricultura

Mensagem por andrews passarinheiro em Qui Jan 02, 2014 2:30 pm

obrigado Smile

andrews passarinheiro
Criador nível 1
Criador nível 1

Masculino
Mensagens : 108
Reputação : 10
Idade : 20
Data de inscrição : 13/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos e Verdades na Canaricultura

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:25 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum