Tudo sobre os Mandarins

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tudo sobre os Mandarins

Mensagem por Victor Hugo em Qua Set 25, 2013 6:01 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Nome científico: Taeniopygia guttata
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Passeriformes
Género: Taeniopygia
Espécie: T. guttata

Outros nomes

Diamante-mandarim

DISTRIBUIÇÃO

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



A forma original do mandarim é oriunda da Austrália e de Timor.
Pássaro de fácil adaptação, o Mandarim [Poephila (Taenio pygia) guttata] é indicado para quem está iniciando na manutenção de pássaros.
Ocorre naturalmente na Austrália e também nas ilhas da Indonésia. Estes pequenos pássaros que podem viver até 15 anos, atingem 9 a 12 cm comprimento e devem ser mantidos em duplas ou em bando.

DISTINÇÃO ENTRE OS SEXOS

Na sua forma selvagem, os machos podem ser reconhecidas pelas manchas cor de laranja/castanhas que apresentam nas partes laterais da face. As fêmeas não as têm. No caso do mandarim branco, a diferença pode ser detectada no bico. O bico da fêmea tem uma cor mais clara.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



CARACTERÍSTICAS SOCIAIS

Os mandarim são aves muito sociáveis e pacíficas e tem um bom relacionamento quer entre si que com outras aves. Preferencialmente, estas aves devem se mantidas em grupo, em vez de em casal ou isoladamente.

ALOJAMENTO ADEQUADO

Os mandarim podem ser criadas num viveiro em recinto fechado, num viveiro ao ar livre ou numa gaiola de criação. Apreciam muito os espaços verdes, mas estes não são obrigatórios.

TEMPERATURA AMBIENTE

Estas aves australianas incrivelmente populares são muito resistentes e podem passar o inverno num viveiro ao ar livre sem problemas, desde que disponham de um ninho de pernoita num abrigo noturno que proteja de geada e dotado de um bom isolamento.

ALIMENTAÇÃO

Estas aves devem ter uma alimentação base de uma mistura de sementes para aves tropicais, com um suplemento de milho painço italiano e semente de ervas. De vez em quando, também apreciam outros alimentos verdes, bem como alimento à base de ovos e pequenos insectos, durante a época de gestação. Deve sempre haver areia em que quantidades suficientes, para que possam satisfazer as suas necessidades digestivas.

ATIVIDADES

Os mandarim são aves muito ativas e não são tímidas. Movimentam-se por todos os espaços do viveiro, incluindo o chão do mesmo, que vasculham, debicando em busca de alimentos. Gostam de tomar bons banhos numa plataforma colocada no viveiro ou no chão do mesmo. Dormem no ninho, o que significa que não passam a noite num poleiro ou num ramo. Se pendurar várias caixas de ninhos em diversos pontos do viveiro, as aves podem escolher o seu próprio pouso.

MUTAÇÕES

Existem inúmeras variações cromáticas desta espécie. O mandarim original apresenta a cor cinzenta corrente. Esta deu origem à versão castanha normal, entre outras.
A partir daí, tem ocorrido muitas mutações, tais como a variedade de dorso cinzento, preta ou castanha, a de máscara preta ou castanha, a de peito cinzento ou castanho pastel, branco, preto ou cor de laranja, bem como combinações das anteriores (castanho pastel de peito preto, peito cor de laranja e dorso pálido, tom pastel de dorso cinzento pálido, etc.).
Além disso, as cores âmbar, branco, amarelo-claro, malhadas e com marcas podem ser vistas regularmente em exposições de aves. Também existe mandarim encristado. Não é recomendável que sejam criados uns com os outros, uma vez que o gene que cria a crista é letal na forma homodiegética, o que significa que algumas das crias resultantes de uma tal combinação morrem no ovo.
No entanto, o fator crista predomina sobre as pernas da cabeça normais. A combinação de um mandarim encristado com um mandarim não encristado produz, aproximadamente, 50% de crias encristadas.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

Os mandarins adaptam-se na perfeição a aficionados de aves principiantes, uma vez que não impõem grandes condições. Além disso, existem tantos padrões de cores e de marcas que sempre se encontra alguma que agrade.
Se tem interesse por uma das cores especiais, é conveniente de aves. Aves próprias para exibir em exposições raramente se encontram em lojas de animais de estimação.
O mandarim é uma ave de fácil criação, indicada para criadores que estejam iniciando. Sua alimentação em cativeiro consiste em painço, alpiste, verduras (excepto laranja), sendo as preferidas almeirão, couve, escarola, chicória e espinafre, mas existem várias outras misturas usadas pelos criadores. Vivem aproximadamente 8 anos

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Os mandarins são brancos na barriga e cinzento mosqueado de preto no dorso e asas. A cauda é preta e branca. O bico é vermelho vivo. O mandarim macho se diferencia da fêmea por possuir manchas alaranjadas ou castanhas abaixo de cada olho. As fêmeas têm em geral o bico mais claro e os juvenis têm o bico marrom-escuro quase negro.
Na Natureza, o mandarim alimenta-se de sementes, legumes e alguma fruta.

CRIAÇÃO

Os ovos, em número variável de 4 a 9, levam 12 dias a incubar e as crias saem do ninho geralmente ao fim de 25 dias.Os mandarins são tão prolíferos que fazem nova postura logo a seguir, sendo por isso conveniente retirar-lhes os ninhos entre Outubro e Março, a fim de os não cansar demasiado. Também é preferível esperar que atinjam 6 meses para fazerem a 1a postura, embora fossem perfeitamente capazes de o fazer aos 3 meses.

Os mandarim são famosos pela sua produtividade. Tanto se reproduzem numa gaiola de criação como num viveiro em recinto fechado. Se possuir diversos casais – o que se recomenda – certifique-se de que dispõe de caixas de ninhos em quantidades mais que suficiente.
Pode acontecer que as aves se envolvam em brigas pela disputa da mesma caixa de ninho. As dimensões apropriadas das caixas de ninho devem ser pelo menos 10x10x10 centímetros e podem ser fechadas ou semi-aberta e, geralmente, também utilizam gaiolas.
O ninho é construído a partir de materiais como corda de sisal e fibra de coco. Em média, põem quatro a seis ovos, e as crias nascem após um período de doze ou treze dias. Estas são alimentadas como todo o tipo de sementes e alimento à base de ovos. Pequenos animais vivos também são muito apreciados. A plumagem surge após um período aproximado de três semanas mas, as aves continuam a ser alimentados por mais uma ou duas semanas.
Ao fim de dois ou três meses, as crias adquirirem a coloração definitiva. Rapidamente atingem a maturidade, mas é aconselhável separar os sexos até terem, pelo menos, nove meses de idade. Podem surgir problemas, caso as aves tenham uma procriação demasiado prematura.
Os mandarins podem ter com facilidade três a quatro gestações por época, porém, como tal fato exige demasiado dos pais é recomendável retirar todas as caixas de ninhos após a terceira gestação.
Para a criação dos mandarins, bengalins e diamante tricolor uso ninhos de periquitos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Estes ninhos são maiores que os ninhos normalmente usados para exóticos e além de serem mais espaçosos, adequam-se na perfeição à abertura nas minhas gaiolas de criação.

Estes ninhos têm o problema de serem mais caros à partida, especialmente se forem usados apenas para uma postura. No entanto, são normalmente feitos de uma madeira de melhor qualidade, que os torna mais duráveis e reutilizáveis.

Os ninhos podem ser usados tal como são, dando-se material às aves para construir o seu próprio ninho no interior. No entanto, prefiro dar uma pequena ajuda colocando no interior um ninho de corda, daqueles usados para os canários.

Para finalizar coloco algum material de construção no interior, assim as aves apenas têm que terminar a construção do ninho. Não tenho também que fornecer material para construção adicional, o que torna a criação muito mais higiênica.

Quando as crias abandonam o ninho, este estará muito sujo, especialmente em casos como este, em que nasceram quatro crias.
O ninho parece irrecuperável, mas depois de arrancar o ninho de corda o aspecto é completamente diferente.

Com uma espátula remove-se facilmente os restos que ficam colados às paredes do ninho.O ninho fica praticamente limpo. Basta uma lavagem e desratização e fica pronto para ser ocupado por uma nova família. Com este método tenho uma forma rápida e fácil de limpar os ninhos, perdendo apenas um ninho de corda em cada utilização.

Tudo o que precisão é de um ninho, comida, água e uma papa de criação. São também bastante tolerantes à presença de humanos, pelo que não há grandes problemas em inspecionar os ninhos.

Tenho vários casais a viver num viveiro, mas a melhor forma de os criar é em gaiolas individuais. Desta forma é possível dar maior tranquilidade ao casal e ao mesmo tempo, fazer uma seleção dos casais que pretendemos formar, de modo a obter os melhores resultados.
Infelizmente não tenho muito espaço, por isso tenho apenas uma gaiola com divisória que uso para criação.
Pudera-se por fim fazer uma mutação que tem o efeito de retirar a cor base do pássaro dá-lhe aquele tom mais claro, que se nota especialmente na fêmea.
Um casal poderá estar junto na gaiola cerca de três semanas, o que pode em breve ter os seus frutos.

São pais muito atenciosos, chocando os ovos vinte e quatro horas por dia. O macho e a fêmea revezam-se nesta tarefa, mas no caso deste casal é o macho quem passa mais tempo no ninho.

Estes passarinhos nasceram de uma relação muito curiosa. No entanto há a possibilidade de haver uma fêmea que se junte talvez por isso apareçam sete ovos num ninho. Modernices, até aos pássaros já chegaram…?
O pai dos passarinhos tem a mutação face preta, que o torna um pássaro muito bonito com muito preto no seu corpo. Existe probabilidade de 50% para cada um dos filhos herdar essa mutação, pelo que vai ser interessante acompanhar o crescimento.

Foi feita uma última mudança ao sistema de ninhos hoje, talvez a mais profunda. Resolvi deixar de utilizar palhas para a construção de ninhos e em vez disso colar um ninho de corda ao fundo de cada ninho.

Este método tem algumas vantagens em relação à utilização de palha. Em primeiro lugar, as palhas são muito pouco higiênicas, têm tendência para se espalharem por todo o lado e fazer muita porcaria. Alguns pássaros têm ainda uma tendência para fazer maus ninhos, cobrin do muitas vezes os ovos com palhas ou deixando espaços para onde os ovos podem deslizar e cair para o debaixo das palhas, ficando perdido.

Vou experimentar utilizar este método durante algum tempo até ver resultados práticos. No entanto aconselho a utilizarem anilhas de identificação que poderão obtê-las através de nós, ou numa casa de animais para que não haja cruzamento entre filhos ou mesmo pais e filhos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Em Viveiro Antes da Criação

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Meu blog: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Página: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Victor Hugo
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens: 7481
Reputação: 431
Idade: 16
Data de inscrição: 22/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tudo sobre os Mandarins

Mensagem por William Monteiro em Qua Set 25, 2013 6:10 pm

Como dizem os cariocas , "está amarradão" nos mandarins , rsrsrs !!!

Belo artigo Victor !


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

William Monteiro
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens: 1690
Reputação: 148
Idade: 39
Data de inscrição: 19/03/2013
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tudo sobre os Mandarins

Mensagem por Victor Hugo em Qua Set 25, 2013 6:25 pm

kkkkkkkkkkkk , pois é , eu estou mesmo criando esses artigos pra ajudar a vir mais pessoas pro fórum !!


Meu blog: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Página: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Victor Hugo
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens: 7481
Reputação: 431
Idade: 16
Data de inscrição: 22/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tudo sobre os Mandarins

Mensagem por William Monteiro em Qua Set 25, 2013 8:20 pm

Muitos ainda vivem a era dos silvestres , e quando não são estes são os canários. Isso se dá pela falta de informação e interesse por parte das pessoas , que buscam apenas o prazer do canto e não da beleza , porte e de uma canto mais suave.
Infelizmente a diferença no manejo muitas vezes é compreendida como dificuldade e isso barra um pouco a intenção de muitos.
Dentro de muitos textos o mandarim é divulgado como fácil , mas ele acaba se tornando uma dor de cabeça por apenas ter um manejo diferente do canário que é o mais popular em nosso pais. Sendo assim cria-se a mística do impossível e a partir dai começa a descrença no sucesso na criação destas aves.
No meu entendimento a divulgação e propagação sobre os exóticos , é um caminho favorável para a diminuição de clandestinidade que recai sobre os silvestres ! Incentivar e mostrar a riqueza que encanta nos exóticos diminui o interesse e consequentemente cai a apreensão de aves no seu habitat natural...


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

William Monteiro
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens: 1690
Reputação: 148
Idade: 39
Data de inscrição: 19/03/2013
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tudo sobre os Mandarins

Mensagem por Victor Hugo em Qua Set 25, 2013 8:39 pm

Concordo plenamente com você William , eu mesmo quando era criança sempre ouvia falar em canários , azulão , Sábia , entre outros e eu me interessei mais pelo canário por que me falavam tão bem dele , mais tão bem que acabei ganhando 1 macho e comprando 1 fêmea e como era pequeno e não sabia de nada meus canários morreram , apesar de escutar só sobre esses pássaros vi em um pet shop um periquito e achei ele tão lindo , o canto dele me chamou a atenção a cor e o modo dele reagir , afinal comprei 1 casal e hoje estou a mais de 8 anos criando periquitos e os periquitos são aves compradas pras crianças pelo fato de serem fáceis de criar etc...

Se as pessoas tive-sem experiencias diferentes com outros pássaros saberiam como é maravilhoso ter esses lindos pássaros !


Meu blog: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Página: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Victor Hugo
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens: 7481
Reputação: 431
Idade: 16
Data de inscrição: 22/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tudo sobre os Mandarins

Mensagem por William Monteiro em Qua Set 25, 2013 8:51 pm

O pior que muitos principalmente na sua idade , tem outros interesses e o contato com animais e coisas que realmente interessam e beneficiam , ficam esquecidas...


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

William Monteiro
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens: 1690
Reputação: 148
Idade: 39
Data de inscrição: 19/03/2013
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tudo sobre os Mandarins

Mensagem por Victor Hugo em Qua Set 25, 2013 9:00 pm

Pois eu me interesso por vários pássaros e estudo muito sobre eles , eu queria Diamantes de Gould , só desisti pelo fato de ter que compra manons pra chocar os ovos deles , ai depois veio a paixão por Mandarins e eu queria muito ai você veio querendo me dar 2 casais logo kkkkkk Very Happy


Meu blog: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Página: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Victor Hugo
Moderador
Moderador

Masculino
Mensagens: 7481
Reputação: 431
Idade: 16
Data de inscrição: 22/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tudo sobre os Mandarins

Mensagem por Anthony Fernandes em Sex Out 04, 2013 12:12 pm

UP!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Anthony Fernandes
Criador ativo
Criador ativo

Masculino
Quantos pássaros você cria?: 13
Mensagens: 4960
Reputação: 480
Idade: 15
Data de inscrição: 19/10/2012
Localização: Monte Verde-MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum